Ceclin
dez 27, 2011 4 Comentários


Jayme Asfora pede ao Ministério Público que ajuíze ação civil pública contra o “auxílio moradia” que a Alepe está pagando a ex-deputados

Blog Inaldo Sampaio

O conselheiro federal da OAB, Jayme Asfora, candidato a vereador no Recife pelo PMDB, esteve na tarde desta segunda-feira no Ministério Público para pedir o ajuizamento de uma Ação Civil Pública contra o pagamento pela Assembleia Legislativa do “auxílio-moradia” a ex-deputados que desempenharam mandato entre 1994 e 1997.

Ele considera o pagamento dessa verba inconstitucional e quer providências do MP para que o pagamento seja interrompido e aquilo que já foi pago seja devolvido aos cofres públicos.

Asfora foi recebido no MP pela procuradora adjunta, Laís Teixeira Cavalcanti, que prometeu levar o assunto ao conhecimento do procurador geral Aguinaldo Fenelon.

Dos ex-deputados que têm direito ao “auxílio”, apenas três não o requereram: Eduardo Campos, João Lyra Neto e Paulo Rubem Santiago.