Ceclin
nov 16, 2017 0 Comentário


Instituto Histórico de Vitória comemora 67 anos de fundação nesta sexta (17)

Instituto Histórico de Vitória

O Instituto Histórico e Geográfico da Vitória de Santo Antão (IHGV), na Zona da Mata, comemora seu 67º aniversário nesta sexta-feira (17/11), às 19h30, no Teatro Silogeu Prof. José Aragão, situado no Bairro da Matriz.

A direção espera contar com a presença dos seus sócios e de toda a sociedade local. Na noite do evento, além das homenagens, o conferencista da solenidade será Reinaldo Carneiro Leão, Secretário do Instituto Arqueológico, Histórico e Geográfico Pernambucano (IAHGP).  “Vitória, sua formação e seus principais engenhos” será o tema abordado.  Na oportunidade, o Instituto promoverá a abertura da Exposição “O Patrimônio Subaquático de Pernambuco” e também será servido coquetel em celebração a data de sua fundação.

Durante a solenidade, de acordo com as informações publicadas na página do Instituto, serão apostas as fotos dos antigos sócios Elmo Cândido Carneiro, Monsenhor Renato da Cunha Cavalcanti e Joca Neri. Serão empossados como sócios Cleiton Cordeiro e os professores Marcos Albuquerque e Carlos Rios. Na sequência, a escritora vitoriense Luciene Freitas, sócia do Instituto, e o seu Tesoureiro Carlos Freire estarão recebendo o título honorífico de Cidadão Vitoriense, por meio de Projeto de Lei aprovado pela Câmara de Vereadores, sob autoria de André de Bau (PSD).

pedro ferrerPor sua vez, o Instituto também vai promover no próximo dia 28 de novembro, às 19h, uma palestra sobre a “Lei 10.639/03 e sua importância para a Educação das Relações Étnicos-raciais”, sob a orientação de Kabengele Munanga, antropólogo e professor brasileiro-congolês. Ele é especialista em antropologia da população afro-brasileira, atentando-se a questão do racismo na sociedade brasileira.

PEDRO FERRER 

O aniversário de 67 anos do Instituto Histórico de Vitória, nesta sexta-feira, não poderá contar com a condução do seu presidente, Pedro Humberto Ferrer. Será a primeira vez desde que assumiu o comando da Instituição que Ferrer ficará ausente em virtude de um processo de recuperação em decorrência de um problema na retina, o que motivou dias atrás em cirurgia e internamento em um hospital de Recife. O professor se recupera bem e se encontra na casa de sua irmã em Boa Viagem.