• Ceclin
set 25, 2019 0 Comentário


Inscrições para concurso de redação da DPU encerram no dia 09 de outubro

5ª edição do Concurso de Redação da Defensoria Pública da União (DPU)

As inscrições para a 5ª edição do Concurso de Redação da Defensoria Pública da União (DPU) encerram no dia 09 de outubro. O concurso é promovido para a participação de alunos de Ensino Fundamental e Médio, incluídos os alunos da modalidade Jovens e Adultos (EJA) e aqueles em cumprimento de medida socioeducativa de internação ou em situação de privação de liberdade. Além dos alunos, também poderão participar internos do Sistema Penitenciário Federal e os servidores do sistema socioeducativo e penitenciário de todo o País.

Os interessados devem se inscrever, até 9 de outubro, acessando o site: https://concursoderedacao.dpu.def.br/. O tema deste ano é “Defender direitos, evitar desastres: como o acesso à Justiça contribui para o desenvolvimento sustentável”. As redações devem trazer debates a respeito da degradação do meio ambiente e seus efeitos para a sociedade e a reflexão sobre o acesso à justiça como meio de prevenção e reparação das consequências das catástrofes ambientais. O resultado será divulgado em 08/11/2019.

No ano passado, a estudante pernambucana Júlia Leone Leite Morais Silva, do Colégio da Polícia Militar, foi campeã nacional do 4º Concurso de Redação da DPU. A premiação incluiu uma viagem a Viena, na Áustria, onde representou o Brasil em reunião na sede da Organização das Nações Unidas (ONU). No total, foram premiados 11 alunos e 8 professores do estado de Pernambuco, sendo 4 alunos e 4 professores no Recife e mais 7 alunos e 4 professores em outros municípios do Estado.

A DPU lança o Concurso de Redação, anualmente, visando propiciar discussões de temas relevantes e presentes na realidade social brasileira e no mundo. Tanto escolas públicas como os órgãos do sistema prisional e as unidades socioeducativas refletem sobre o acesso à justiça e os serviços jurídicos prestados pela instituição, como forma efetiva do exercício da cidadania, presentes na Constituição Brasileira.

Em 2018, foram 516 escolas escritas com 8.294 participantes e 6.623 redações enviadas.

Edital do concurso AQUI

Confira as categorias: 

I – Categoria – Redação I: alunos do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental e alunos da modalidade Jovens e Adultos (EJA) do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental;

II – Categoria – Redação II: alunos do 1º ao 3º ano do Ensino Médio, na modalidade Regular e Ensino Técnico e alunos da modalidade Jovens e Adultos (EJA seriado) do 1º ao 3º ano do Ensino Médio;

III – Categoria – Redação III: alunos do 6° ao 9° ano do Ensino Fundamental e alunos do 1° ao 3° ano do Ensino Médio, em cumprimento de medida sócio educativa de internação;

IV – Categoria – Redação IV: alunos do 6° ao 9° ano do Ensino Fundamental e do 1° ao 3° ano do EJA – Educação de Jovens e Adultos, em situação de privação de liberdade no Sistema Prisional Brasileiro.

V – Categoria – Redação V: pessoas em situação de privação de liberdade, em cumprimento de pena, junto ao Sistema Penitenciário Federal do País;

VI – Categoria – Redação VI: servidores do sistema sócio educativo e do sistema Penitenciário de todo o Brasil, inclusive do Sistema Penitenciário Federal;

VII – Categoria – Escola: estabelecimentos de ensino da rede pública que desenvolverem atividades de sensibilização e mobilização escolar, juntamente com a comunidade escolar local, em torno do tema do Concurso;

VIII – Categoria – Estabelecimento de Privação de Liberdade: estabelecimentos de privação de liberdade (presídio / cadeia estadual, unidade de internação do sistema sócio educativo, exceto presídios federais) que obtiverem o maior percentual de participação dos internos no Concurso de Redação.