Ceclin
jun 08, 2009 0 Comentário


Ibama apreende 56 aves silvestres em Sertânia e 70 em Vitória de Santo Antão

Uma equipe de fiscalização do Ibama apreendeu, na manhã desta segunda-feira (8), 56 aves silvestres na casa de um homem suspeito de traficar animais, no município de Sertânia, no Sertão pernambucano.
Entre as espécies apreendidas estavam seriemas, concrizes, aratingas, maracanãs, galos-de-campina e algumas asas-brancas.

As aves estavam sendo mantidas em péssimas condições de higiene, alimentação e conforto. Na casa do infrator havia ainda diversos alçapões, armadilhas e caixas para transporte de passarinhos, material que também foi apreendido.O suspeito foi autuado em R$ 26,5 mil e deverá responder por crime ambiental.

Ele também foi detido e conduzido à delegacia local por policiais militares que acompanhavam a ação do Ibama por possuir um revólver 38 sem registro.A ação desta segunda foi o desfecho de uma operação iniciada no final de maio com o objetivo de coibir a caça de animais silvestres, em especial as arribaçãs, no interior de Pernambuco.
A fiscalização percorreu a Terra Indígena Kambiwá, a Reserva Biológica de Serra Negra e o Parque Nacional do Catimbau. No território Kambiwá, os índios auxiliaram o Ibama na busca de irregularidades.Segundo o chefe de fiscalização do Ibama PE, Leslie Tavares, a operação conseguiu deter a caça das arribaçãs por cerca de 20 dias.
“É um tempo significativo para permitir a finalização do período reprodutivo e a migração das aves para áreas menos vulneráveis”, explicou em nota divulgada pela assessoria do Ibama.

De acordo com Tavares apenas um caçador foi encontrado nessas áreas, o que é um sinal de que as ações de fiscalização estão surtindo efeito. “Nos anos anteriores encontrávamos entre 40 a 60 caçadores”, afirmou.No último sábado (6), a Companhia Independente de Policiamento do Meio Ambiente (Cipoma) apreendeu cerca de 70 aves silvestres na Feira Livre de Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata Sul do Estado. Um homem foi preso em flagrante.
(PE360graus.com).