• Ceclin
jun 24, 2019 0 Comentário


Hora de pressionar deputados a votarem contra a reforma da Previdência

deputados_comissao_especial

O relatório da reforma da Previdência (PEC 06/2019), de autoria do deputado Samuel Moreira (PSDB), começou a ser discutido, na última terça-feira, pelos membros da comissão especial que analisa a matéria. Um bloco oposicionista formado por cinco partidos – PDT, PSB, PT, Psol e PCdoB – não concorda com o parecer apresentado, menos ainda com o projeto original do governo Bolsonaro, e promete obstruir a votação e apresentar destaques em bloco para alterar o teor do relatório.

Os oposicionistas justificam que, mesmo com as alterações propostas por Samuel Moreira, o texto continua atacando direitos dos trabalhadores e das pessoas mais  pobres. Juntos, esses cinco partidos contam com mais de 130 deputados na Câmara. Durante dois dias (3ª e 4ª da semana passada), os deputados se reversaram no microfone durante as sessões na comissão especial, uns para defender outros para criticar o parecer de Samuel Moreira. O relator já admite acatar alguns destaques e alterar seu relatório antes de colocá-lo em votação. A expectativa é que o documento vá para votação na comissão ainda esta semana e siga para o presidente da Câmara,
Rodrigo Maia (DEM), que promete votar a PEC em plenário no início de julho.

O momento agora é de pressionar os deputados a votarem contra a reforma da Previdência, começando pelos parlamentares que fazem parte da comissão especial. Três pernambucanos estão entre os membros da comissão: Carlos Veras (PT), Sílvio Costa Filho (PRB) e Fernando Rodolfo (PL). Vamos enviar mensagens para os e-mails e redes sociais deles e telefonar para os gabinetes de cada um e dizer que não aceitamos perder direitos. A classe trabalhadora não pode ser sacrificada em nome de um rombo que não existe, nem cobrir dívidas de grandes empresários à Previdência.

Confira no site e nas redes sociais do Sindsep-PE os contatos desses três parlamentares. É pressão neles!

 

Sindicato dos Servidores Públicos Federais de Pernambuco – SINDSEP-PE