Ceclin
ago 21, 2012 5 Comentários


Hilário a postura dos candidatos a Vereador na abertura do guia em Vitória

Guia na TV e no rádio começou nesta terça-feira com a exibição dos candidatos a vereador. Amanhã será a vez dos majoritários

Dizem que a campanha se define quando o guia eleitoral na TV e no rádio começa. Nesta eleição, a máxima pode ser potencializada. O que se espera é que a polarização entre o PSB e PSD, leia-se Aglailson e Elias, fique ainda mais gritante em Vitória de Santo Antão, com a ausência de discurso dos dois. Afinal o que tem a dizer tanto Elias quanto Aglailson para o povo de Vitória? Já que ambos são os principais responsáveis pelas dezenas de ‘mazelas’ existentes nesta cidade a três décadas. Hoje, a abertura do horário eleitoral gratuito ficou por conta dos candidatos à Câmara Municipal.

Nesse ponto, enquanto uns ganham o status de prioritários para o partido, outros têm que se virar para passar a mensagem em alguns poucos segundos. Neste caso alguns caem no rídiculo, com promessas vãs e fora do contexto diante da responsabilidade do que seja realmente a função de um vereador.  Por exemplo, para a Coligação Vitória do Desenvolvimento do lado do PSD, o candidato Bispo da Retífica ‘viajou na maionese’. “Prometo com recurso próprio assistência rural, inclusive com a aquisição de uma Retroescavadeira para as estradas e a criação de uma escola rural com curso também de torneiro mecânico e de soldador”, pasmem! Não sabia que legislador assume função de Poder Executivo. Mas uma coisa o eleitor/espectador pode esperar: é nos guias dos proporcionais que aparecem as maneiras mais curiosas de mandar o recado.

Por outro lado, a Coligação PMDB, PDT, DEM, PPS, PTN e PHS cansou a pouca paciência existente do ouvinte quando repetiu no mesmo programa tão somente 06 (seis) vezes os mesmos discursos de seus candidatos. Sem contar que apareceu um tal de Adeilton Barbosa que fez questão de dizer que é conhecido por “Abençoado da Sadia”. Não sabia que a multinacional em Vitória detinha um funcionário ‘abençoado’. Devido a quê mesmo? Sem contar os candidatos com nomes engraçados: Zé de Doro, Egídio do Livro, Genaro do Cavalo, Carlinhos da Funerária, Bigode do Cyber, Baiano e Pequeno… até por que grande é a nossa paciência, não é mesmo?!

Teve candidato que prometeu inclusive abrir concurso público com duzentas vagas na Guarda Municipal de Vitória. Essa foi demais!

Quem ressurgiu das cinzas foi o ex vereador Bau Nogueira (PSD). Constando como Ficha Suja acabou liberado como candidato afirmando que continuará desenvolvendo o mesmo trabalho de assistência. Penso que ele quis se referir a distribuição de terrenos dos outros a seus eleitores que até hoje têm problemas para legalizar suas escrituras nos Cartórios da cidade.

Finalizando, quem se superou foi o ex vereador Moacir da Mandioca (PTC). Prometeu construir salas dentro das igrejas nas comunidades para ajudar na assistência aos jovens drogados. Faltou o candidato combinar com o Papa Bento XVI e o Bispo Edir Macedo! Sem contar o seu parceiro de partido, o empresário Davi Preto que afirmou que vai combater a “exploração”. Bem, deve ser a exploração de imagem dos seus veículos caríssimos quando ele desfila pelas praças da cidade.

Para acabar de rir tivemos duas pérolas: Régis do Boi (PSB) empolgou-se na hora de pedir o voto, criou uma nova palavra “vortando” (kkkkkkk). Já a personagem Filó da TV Vitória avisou como deve se comportar na Câmara… na base da safadeza! Prometeu tapar o “buraco” de todo mundo. Ninguém merece!

Amanhã, é a vez de os candidatos majoritários mostrarem a que vieram. São dois os horários na televisão: das 13h às 13h30 e das 20h30 às 21h. pela TV Vitória (canal 58). Na rádio, acontece das 7h às 7h30 e das 12h às 12h30.