Ceclin
set 08, 2016 0 Comentário


Grito dos Excluídos reúne atos contra Temer no Brasil e no mundo

RECIFE-PROTESTO-748x410

Desde 1995, o conjunto de manifestações populares chamado Grito dos Excluídos realiza-se no dia 7 de setembro com o objetivo de denunciar os mecanismos sociais de exclusão e propor caminhos para uma sociedade mais inclusiva. Em 2016, a nação se vê polarizada e em crise política decorrente do processo de impeachment. Manifestações foram realizadas em várias cidades do Brasil contra o governo Michel Temer (PMDB) e para pedir novas eleições – uma proposta da ex-presidente Dilma Rousseff (PT).

Recife

Na capital pernambucana, as ruas do centro da cidade ficaram lotadas para defender a democracia. A partir das 9h, centenas de manifestantes – muitos vestidos de vermelho – começaram a se concentrar na Praça do Derby, aos gritos de “Fora Temer”. Movimentos sociais representando os mais diversos segmentos marcaram presença: Mulheres, Juventude, LGBT, Negras e Negros, entre outros. Dos oito candidatos à Prefeitura do Recife, três foram à manifestação: Edilson Silva (PSOL), João Paulo (PT) e Pantaleão (PCO).

No Brasil e no mundo

Além dessas cidades, o povo também saiu às ruas em Vitória (ES), Belo Horizonte (MG), Belém (PA), Maceió (AL), Goiânia (GO), Natal (RN), Campo Grande (MS), João Pessoa (PB), Manaus (AM), Salvador (BA), Aracaju (SE), Fortaleza (CE), Porto Alegre (RS), Londrina (PR), Joinville (SC) e em muitas outras cidades do interior do Brasil.

No mundo, há protestos marcados para o fim da tarde de hoje (08/09),  em Dublin, na Irlanda; em Montreal, no Canadá; em Buenos Aires, na Argentina; em Madrid, na Espanha; em Berlim e em Frankfurt, na Alemanha.

Blog de Jamildo