Ceclin
nov 06, 2011 0 Comentário


Gravatá busca um parque industrial

Conhecida pelas belezas naturais, arquitetura, cultura e o clima ameno, Gravatá pleiteia agora um novo referencial para a cidade: um parque industrial. O prefeito do município, Ozano Brito, esteve reunido com o secretário de Desenvolvimento Econômico do Governo do Estado, Geraldo Júlio, esta semana, para articular a construção do parque e, consequentemente, a vinda de novas empresas para Gravatá. Na ocasião foi apresentado o projeto da nova área que abrigará o setor industrial.

“O Governo do Estado sinalizou que há interesse na construção, uma vez que objetiva a interiorização do desenvolvimento de Pernambuco”, contou o secretário municipal de Indústria e Comércio, Arnaldo Souza. Segundo ele, o projeto existe, mas está em uma fase inicial. “O objetivo principal é relocar as companhias que funcionam nas áreas residenciais, bem como atrair novas empresas priorizando sempre indústrias que sejam ecologicamente corretas, ou seja, aquelas que não venham a prejudicar o meio ambiente e, consequentemente, o potencial turístico da nossa cidade e dando mais qualidade de vida à população”, disse.

O local que abrigará o parque fica a cerca de dez quilômetros da área urbana, mas estudos de viabilidade ainda estão sendo realizados. Atualmente, o município tem sete indústrias de porte médio e cerca de 200 fábricas e microempresas. Setor gera, em Gravatá, aproximadamente três mil empregos diretos.