Ceclin
jul 10, 2020 0 Comentário


Gravatá alcança nota máxima no índice de transparência previdenciária

A Prefeitura de Gravatá, por meio do ISPEG – Instituto de Servidores e Previdência de Gravatá – acaba de alcançar o nível máximo de transparência previdenciária, alcançando nota “A” no envio de informações.

A gestão gravataense também foi destaque no quesito regularidade, gestão e transparência, acumulação de recursos e liquidez, onde ficou com nota “B”. Com este resultado, o Município está entre os 32 melhores classificados de Pernambuco.

O Indicador de Situação Previdenciária – ISP-RPPS (Regime Público de Previdência Social) foi instituído pela Secretaria de Previdência Social e avalia os aspectos relacionados à transparência e gestão, situação financeira e atuarial do regime próprio de previdência. A transparência com as contas públicas tem sido o esforço da gestão. A cidade, que sofreu intervenção há poucos anos, hoje se destaca e é exemplo para outros municípios, sendo nota máxima em transparência em indicadores do Tribunal de Contas do Estado (TCE).

“Só temos o que agradecer a toda nossa equipe pelo empenho e principalmente ao nosso prefeito Joaquim Neto, que mensalmente faz o aporte e repasse das verbas previdenciárias e cumpre com suas responsabilidades. Estamos muito felizes com esse resultado”, disse o presidente do IPSEG, Dogivaldo Bezerra.

Confira o relatório completo – CLIQUE AQUI

COVID-19

O Município de Gravatá também se destaca mais uma vez no quesito transparência. A cidade conquistou nota máxima na avaliação do Tribunal de Contas do Estado e é uma das cinco cidades de Pernambuco que conseguiu pontuar 100% no portal da transparência dos gastos com a Covid-19.

Foram nove critérios avaliados sobre a divulgação de dados relativos a contratos e aquisições destinados ao enfrentamento do novo coronavírus e se durante o período da pandemia, foi garantido à sociedade o acesso à informação por meio de Serviço Eletrônico de Informação ao Cidadão (e-SIC).