Ceclin
nov 24, 2010 0 Comentário


Governo vai prorrogar MP que viabiliza financiamento para Zona da Mata Sul

O governo deverá anunciar nos próximos dias a prorrogação da validade da Medida Provisória que criou a linha de crédito do BNDESPAR destinada à recuperação das atividades econômicas nas cidades atingidas pelos temporais de junho. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (24/11) pelo secretário-executivo do Ministério da Fazenda, Nelson Machado, durante reunião com o governador Eduardo Campos, em Brasília. O novo prazo ainda não foi definido.

Durante o encontro, Eduardo apresentou um balanço sobre o esforço de recuperação da área afetada pelas enchentes. “Entendemos esta linha de crédito, que foi construída em tempo recorde e em bases inovadoras, como algo importante não apenas para Pernambuco, mas também para Alagoas”, disse Nelson Machado.

Além da recuperação dos prédios públicos como escolas – todas se encontram em funcionamento – e hospitais, o governador relatou que quase 2 mil comerciantes da região já foram beneficiados com empréstimos para recuperação de seus estabelecimentos.

“Pela linha de financiamento do BNDESPAR foram concedidos 1.939 financiamentos, com desembolsos totais de R$ 88 milhões. Além disso, mais 1.179 propostas aguardam autorização para liberação no BNDES, no valor total de R$ 59.630.811,78. Para isso é importante a renovação da Medida Provisória”, explicou.

Somadas as operações desembolsadas e aquelas que ainda aguardam aprovação no BNDES, serão atendidos 3.118 empresários, com injeção de recursos da ordem de R$ 148 milhões. “Ainda temos muito trabalho pelo frente, mas é importante ver como a vida vai voltando ao normal na nossa zona da mata”, acrescentou.

O governador tratou ainda sobre a possibilidade da aprovação de uma nova linha de crédito, com recursos de R$ 600 milhões e nas mesmas condições do BNDESPAR, cuja implementação está na dependência de aprovação pelo Conselho Monetário Nacional.

(Portal Governo PE).