Ceclin
set 30, 2011 0 Comentário


Governo lança Política para prevenir acidentes de moto no Estado

Em 2010, Pernambuco registrou 602 vítimas fatais de acidentes de motos, de um total de 1.935 pernambucanos que vieram a óbito no trânsito. Para enfrentar essa situação, o Governo do Estado lança, nesta sexta-feira (30), às 11h30, no Palácio do Campo das Princesas, a Política Estadual de Prevenção aos Acidentes de Moto. A apresentação do projeto será feita pelo governador Eduardo Campos. Ao todo, mais de R$ 18 milhões serão investidos na iniciativa.

A criação da política está dentro dos esforços do Governo do Estado para frear a situação epidêmica dos acidentes de moto em Pernambuco. Em maio deste ano, já havia sido lançado o Comitê Estadual de Prevenção aos Acidentes de Moto, grupo formado por 19 entidades (secretarias estaduais, órgãos conselheiros e órgãos fiscalizadores), responsável pelos estudos para a confecção da política, dividida em quatro grupos de ações: Fiscalização e Repressão, Educação e Prevenção, Saúde e Legislação.

Na área de Fiscalização e Repressão, o principal objetivo é aumentar em 30% o número de abordagens aos motociclistas e criar um plano integrado entre a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e os órgãos de trânsito estadual e municipais. Para isso, haverá a nomeação, até 2014, de 544 novos policiais militares para o BPTRAM, BPRV e BPM e a compra de 125 equipamentos para ampliação do auto de infração eletrônica.

Na área de Educação, serão realizadas campanhas publicitárias e mobilização social em todo o Estado, incluindo campanhas educativas em instituições de nível superior e em 187 escolas de 90 municípios, atingindo mais de 5 mil alunos. Além disso, haverá campanha preventiva com trabalhadores de moto; adequação da oferta de vagas e do perfil do curso especializado para mototaxista e motofretista; e a realização do Fórum de Mobilização para Prevenção dos Acidentes de Moto no Estado de Pernambuco, previsto para o dia 28/11.