Ceclin
jun 06, 2008 0 Comentário


GOVERNO IMPÕE PRAZO PARA ENCAMINHAR 2ª MP E ATROPELA NEGOCIAÇÕES

Alguns setores da base da Condsef vêm sentindo o peso da falta de tempo para firmar acordos com o governo que sigam na 2ª medida provisória (MP), prevista para ser publicada este mês. O problema é que o governo impôs o limite para encaminhar a MP até o dia 30 de junho. Com isso, ficam prejudicados setores com negociações em curso. Este é o caso, por exemplo, dos administrativos da AGU que só hoje receberam uma proposta que reestrutura suas tabelas salariais. A categoria dispõe de poucos dias antes da próxima reunião com o governo.
Os civis de órgãos militares, recebidos no Ministério do Planejamento esta semana por solicitação do deputado Carlos Santana (PT-RJ), também enfrentam problemas com o tempo. Para tentar um consenso, o diretor do Departamento de Relações Sindicais, Nelson Freitas, apresentou metodologia para dar continuidade às negociações sobre a Carreira de Tecnologia Militar. (LEIA MAIS WWW.CONDSEF.ORG.BR)