Ceclin
fev 03, 2011 0 Comentário


Governador anuncia que fábrica da Fiat vai gerar 15 mil empregos

JC Online

O governador Eduardo Campos (PSB) adiantou que após mudança no valor do investimento para a instalação da fábrica da Fiat – de R$ 3 bilhões para R$ 8 bilhões -, o número de empregos previstos após a implantação da unidade no Complexo Industrial Portuário de Suape também sofrerá alteração.
A estimativa agora é de criar aproximadamente 15 mil vagas (mão de obra direta e indireta). O socialista soube o aumento do aporte de quase 300%, ontem, após a montadora apresentar ao BNDES, no Rio de Janeiro, o projeto que deu entrada no (Ministério de Desenvolvimento Indústria e Comércio).

“Esse projeto monta a R$ 8 bilhões porque ele vai consolidar investimentos, além da montagem, na fabricação de autopeças também, no desenvolvimento de um novo motor com menos emissão (de gases poluentes), que usa biocombustível preferencialmente, com fabricação aqui, com suspensão e caixa de marcha”, disse o Eduardo Campos, logo após sair da Assembleia Legislativa, onde participou da abertura dos trabalhos na Casa.

“Mais do que montar automóvel, a gente vai ter um automóvel desenhado por brasileiros, com design brasileiro, com desenvolvimento feito aqui. Inclusive, já estamos começando a discutir a participação de estudantes pernambucanos em capacitação específica para essas áreas com eles (a Fiat) e em parceria com as nossas universidades e com universidades que apóiam a Fiat no Brasil, na Itália e nos Estados Unidos”, adiantou o socialista.

A nova fábrica terá capacidade para produzir cerca de 200 mil unidades por ano e o projeto inclui também a implantação de um centro de treinamento e capacitação, voltado para o polo automotivo de Pernambuco e pelos negócios que se consolidarão ao seu redor. O governador lembrou que a unidade produzirá novos modelos de automóveis, desenvolvidos no Brasil e voltados para a demanda do consumidor brasileiro e latino-americano.