• Ceclin
out 11, 2010 0 Comentário


Garanhuns terá parque ecológico

Conhecida como a Cidade das Flores, Garanhuns, no Agreste, vai ganhar um novo parque ecológico. A intenção do governo municipal é transformar uma área de 40 hectares, que funciona como sementeira, em uma unidade de conservação ambiental, através da criação de um Parque Ecológico Municipal.
O projeto é da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, que já realizou os levantamentos da fauna e da flora existentes no local e demarcou a área que será conservada.
A área do futuro parque fica localizada na comunidade da Várzea, no Bairro do Magano. “Os trabalhos já foram iniciados. Esperamos que ainda este ano possamos transformar a área dentro daquele limite em unidade de conservação ambiental e com isso evitar que haja a degradação do meio ambiente daquele espaço”, planeja o secretário municipal de Agricultura, Rafael Lima.
DECRETO
De acordo com o secretário, o próximo passo desse processo será regularizar uma parte da área que estava cedida ao governo do Estado. Quando este problema for resolvido, a prefeitura deverá elaborar o decreto que vai transformar o espaço em parque ecológico.
Para Rafael Lima, a principal vantagem das mudanças será a garantia de preservação da mata nativa. Com a medida, o espaço também será reflorestado e a entrada de pessoas será restrita. “No futuro, o parque poderá servir como área de turismo ecológico e de educação ambiental”, diz o secretário. A ideia é que escolas do município possam realizar aulas práticas na reserva.
A prefeitura já atua na área com a sementeira municipal, onde são produzidas e doadas mudas a pequenos agricultores e cidadãos interessados em cultivar árvores e plantas frutíferas. Segundo o secretário, são produzidas de 30 a 40 mil mudas de árvores por ano, principalmente de espécies frutíferas.
A distribuição acontece por meio de autorização concedida pela Secretaria de Agricultura. Com a iniciativa, o agricultor preserva o meio ambiente, melhora o oxigênio e pode aumentar sua renda familiar.
(Jornal do Commercio)