Ceclin
jan 29, 2009 2 Comentários


FUNDARPE vistoria prédios históricos da Vitória de Sto. Antão

Em articulação promovida pela Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes da Prefeitura Municipal da Vitória de Santo Antão esteve aqui uma equipe técnica da Fundação do Patrimônio Artístico de Pernambuco – FUNDARPE, do Governo do Estado, sob a coordenação do historiador Roberto Carneiro. Recebidos pelo Prof. Pedro Ferrer e pelo Turismólogo Lissandro Nascimento, estes fizeram uma vistoria técnica nos prédios da Estação Ferroviária, Sobradinho da Rua Imperial, Igreja do Rosário e o Parque Histórico Estadual Monte das Tabocas.

A cidade possui apenas três prédios históricos tombados, ou seja, que não podem ser demolidos e nem sofrer alterações. Trata-se da Igreja do Rosário (na Matriz) que é a construção mais antiga do Município. Bem como a Estação Ferroviária e o Morisco da família Holanda Cavalcanti na Praça Duque de Caxias, e o próprio Monte das Tabocas através de Decreto estadual. Em processo de tombamento encontram-se o Instituto Histórico e o Sobradinho da Rua Imperial.

A equipe da FUNDARPE ficou impressionada com a riqueza histórica, cultural e arquitetônica de nossa cidade, porém lamentou que este potencial não foi devidamente valorizado. Em visita ao Monte das Tabocas a equipe constatou a invasão com várias “cercanias” no terreno de 11 hac. pertencentes ao Governo do Estado e a Prefeitura local. Há um claro abandono do Sítio Histórico, a começar pela estrada danificada.
Foi constatado arrombamentos, furtos aos prédios instalados no Parque Histórico. E o mais impressionante: roubaram todas as peças de um transformador da rede de energia elétrica da localidade (conforme vídeo).

De imediato, em companhia da Polícia Militar, a equipe da Secretaria local com a do Governo do Estado firmaram compromissos para fazer a revisão topográfica da área, bem como acionar a Procuradoria Geral do Estado para expulsar ou repreender os invasores daquele Parque Histórico. Ainda está sendo provindenciado responsáveis para a manutenção e segurança do patrimônio dos pernambucanos, onde naquele Monte ocorreu a Batalha que iniciou a expulsão dos holandeses do País.
Será feito um estudo técnico desta vistoria o qual servirá como subsídio para implementar as ações pertinentes a recuperação do Monte das Tabocas, firmados entre os dois órgãos.



da Redação do Blog.