Ceclin
jun 16, 2010 2 Comentários


Funcionários da Prefeitura da Vitória questionam o Ideal Saúde

Aumento absurdo na mensalidade é a pauta da reunião desta quarta-feira no sindicato.
Os funcionários públicos da Prefeitura da Vitória de Santo Antão foram surpreendidos mês passado em ter um grande percentual descontado em seus contra-cheques. Tudo por conta de um aumento de 70% nos valores das mensalidades pela prestação de serviços realizados pelo Plano Ideal Saúde.

O plano de saúde dos servidores havia alegado ao Prefeito Elias Lira (DEM) de que não mais dispunha de condições em manter os serviços de saúde, em razão dos valores pagos estarem bastante defasados. A Ideal Saúde decidiu em uma só tacada aumentar o valor pago em quase 70% de reajuste.

O Sindicato dos Servidores Públicos da Vitória (SINDVISA) tentou estabelecer um diálogo com os representantes do plano. Chegaram a fazer um acordo, em reunião com os servidores há quinze dias, o qual ficou estabelecido um percentual de 60%. Contudo, com a insatisfação da categoria não houve êxito.
“Propomos ao Ideal Saúde a disponibilização de uma planilha que ajudasse a restabelecer um valor consensual, onde aproveitamos para discutir melhor com a categoria o que fazer diante desta situação, visto que o Ideal Saúde tem demonstrado falta de interesse em continuar os serviços com os servidores da Prefeitura de Vitória”, explicou Aristides Félix Júnior, advogado do Sindicato.

Diante do impasse, acontece nesta quarta-feira (16), uma reunião entre os servidores e o Ideal Saúde, para tentar chegar a um consenso. A reunião está marcada para às 19 horas, no Bairro Novo, na sede do Sindvisa.

por Lissandro Nascimento.