• Ceclin
dez 30, 2009 3 Comentários


Funai de Pernambuco é extinta por Lula


Do Jornal do Commercio

Decreto publicado ontem no Diário Oficial da União determinou o fechamento da Administração Regional da Fundação Nacional do Índio (Funai) em Pernambuco. A decisão, assinada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, pegou de surpresa a cúpula do órgão que já marcou reunião para a próxima terça-feira, às 10h, no Sindicato dos Servidores Públicos Federais, com o objetivo de traçar estratégias que possam reverter a situação. O Estado possui cerca de 40 mil índios, divididos em 11 etnias, o que representa a 3ª população indígena do País, atrás apenas do Amazonas e do Mato Grosso.

Para a administradora regional da Funai em Pernambuco, Estela Parnes, não há explicação plausível para a determinação. “O Recife sempre foi um polo de decisões políticas importantes. Todo o planejamento, os grupos de trabalho fundiário e as parcerias que firmamos em favor dos índios estão indo por água abaixo”, comentou.

Representantes de etnias indígenas também demonstraram insatisfação com o decreto federal. “Acho que é uma falta de responsabilidade. Pernambuco é uma referência nacional no trabalho junto aos povos indígenas e não pode ser tratado dessa maneira. Concordo que a Funai precisa de uma reestruturação, mas ela deveria passar pela realização de concursos públicos e contratação de servidores e não isso que estão fazendo”, explicou o secretário de Assuntos Indígenas de Orocó, Yssô Trucá.

Os servidores da Funai deverão ser remanejados para outros órgãos federais. O atendimento aos índios pernambucanos será feito pelas cidades de Maceió (AL) e Paulo Afonso (BA). O decreto 7.056 propõe uma reestruturação total do órgão. Além de Pernambuco, outras 16 localidades do País terão unidades fechadas e pessoal realocado.