Ceclin
dez 05, 2011 1 Comentário


Fiat começa a cadastrar futuros trabalhadores

Em cerimônia no Palácio do Campo das Princesas, o governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), anunciou as primeiras contratações das 4,5 mil vagas que serão absorvidas pela Fiat, no polo automotivo da cidade de Goiana, na Zona da Mata Norte pernambucana. A fábrica tem previsão de ser inaugurado no início de 2014.

“Esse é um momento muito importante para Pernambuco, quando nós passamos para a fase de contratação de pessoas e da construção da fábrica. Tivemos a alegria de ter hoje a primeira mulher pernambucana contratada pela Fiat e do primeiro engenheiro”, ressaltou o governador, referindo-se a especialista em Recursos Humanos, Mônica Ramos, e ao engenheiro elétrico, Bruno Rafael.

O governador esteve logo cedo em Goiana para dar início ao cadastramento dos trabalhadores dos 13 municípios que ficam no entorno da fábrica da Fiat. Ao voltar, lembrou o quanto o dia de hoje é importante para o desenvolvimento da região. “Fiquei imaginando no quanto isso é significativo para a indústria pernambucana. É uma cena especial, quando no cenário global a Europa e os Estados Unidos vivem momentos complexos para ultrapassar a crise, no Brasil e em Pernambuco, vivemos outros fundamentos econômicos, fruto de uma democracia que nos permitiu as condições de vivermos esse momento”, considerou.

Eduardo colocou ainda que Pernambuco tem a oportunidade de se industrializar ainda mais e de formar em seu território um polo automotivo, que vai desenvolver a formação de produtos diversos. “Estamos vendo nascer um polo, fruto de uma decisão tomada lá atrás pelo ex-presidente Lula”, reconheceu Eduardo.