• Ceclin
ago 09, 2016 0 Comentário


Festa da Saudade abriu novo ciclo de bailes em Vitória de Santo Antão

Baile  da saudade foto Pedro Silva A Voz da Vitória

A condução do evento ficou por conta do empresário e blogueiro Cristiano Pilako. Foto: Pedro Silva / A Voz da Vitória.

A Primeira Festa da Saudade foi um evento familiar e vibrante, reunindo uma boa parte da nata da sociedade da Vitória de Santo Antão, na Zona da Mata. O baile além de reunir famílias para dançar, serviu para reencontrar amigos, parceiros, políticos e profissionais da imprensa local na noite do último sábado, 06 de agosto, no Clube dos Motoristas – O Cisne. A principal atração musical ficou por conta da Banda Super Oara – Orquestra Arcoverdense de Ritmos Americanos, antes, contudo, o público começou a ser animado por duas apresentações musicais, a saber: Quinteto Dourado, liderado por Edmilson, bem como a apresentação de Neide & Pepeu, fornecendo um repertório diferenciado.

A Orquestra foi fundada em 1958 pelo Maestro Beto da OARA e cumpriu em Vitória o seu papel de mais uma vez reunir os festeiros da velha guarda, quando a música escolhida para abrir sua apresentação foi a “Conceição” do inesquecível Cauby Peixoto. A festa foi uma espécie de resgate dos grandes encontros sociais dos clubes que aconteciam “antigamente” na Terra das Tabocas. A condução do evento ficou por conta do empresário e blogueiro Cristiano Pilako, que junto com sua equipe também promove o Bloco Carnavalesco vitoriense A Saudade, fazendo um agradável baile no salão do Clube “O Cisne” que se transformou na pista de dança mais concorrida da cidade.

Ao final, próximo as quatro da matina, o vocalista Elaque Amaral, líder da Orquestra Super Oara, executou frevos e músicas genuínas da República das Tabocas – a exemplo de Taboquinhas, ETsão, Saudade – lembrando assim, o tradicional carnaval vitoriense.

PERFIL da Super Oara AQUI

 Confira as imagens…

 

Pedro

Imagens: Pedro Silva / A Voz da Vitória / @PedroAlessandrodaSilva