• Ceclin
jul 28, 2017 0 Comentário


Feira Nova, Gravatá e Limoeiro em situação de emergência devido a seca

Decreto nº 44.775, de 27 de julho de 2017 contempla 63 municípios. Órgãos estaduais ficam responsáveis por adotar medidas necessárias

com informações da Folha de Pernambuco  

secaMesmo com tanta chuva que vem caindo há dois meses em diversas regiões de Pernambuco, provocando inclusive inundações, outros pontos têm sido bastante afetados por estiagem. Essa condição levou o governador do Estado, Paulo Câmara, a assinar um decreto, publicado na última quinta (27), declarando situação de emergência nas áreas dos municípios do Agreste afingidos pela seca.

De acordo com o Decreto nº 44.775, de 27 de julho de 2017, está declarada a situação de emergência, com duração de 180 dias, nos municípios de Águas Belas, Alagoinha, Altinho, Angelim, Belo Jardim, Bezerros, Bom Conselho, Bom Jardim, Bonito, Brejão, Brejo da Madre de Deus, Buíque, Cachoeirinha, Calçado, Canhotinho, Capoeiras, Caruaru, Casinhas, Correntes, Cumaru, Cupira, Feira Nova, Frei Miguelinho, Gravatá, Iati, Ibirajuba, Itaíba, Jataúba, João Alfredo, Jucati, Jupi, Lagoa do Ouro, Lajedo, Limoeiro, Machados, Orobó, Panelas, Paranatama, Passira, Pedra, Pesqueira, Poção, Riacho das Almas, Sairé, Salgadinho, Saloá, Sanharó, Santa Cruz do Capibaribe, Santa Maria do Cambucá, São Bento do Una, São Caetano, São João, São Vicente Férrer, Surubim, Tacaimbó, Taquaritinga do Norte, Terezinha, Toritama, Tupanatinga, Vertente do Lério, Vertentes e Venturosa.

Nessas cidades, onde é expressivo um quantitativo da população que vive em condição socioeconômica desfavorável, foi observada uma redução das chuvas para níveis muito inferiores ao normal para o período e uma consequente queda intensificada das reservas hídricas. Outro impacto ocasionado pela estiagem são as perdas significativas na agropecuária da região.

Ainda segundo o decreto, os órgãos estaduais localizados nas áreas atingidas ficam responsáveis por adotar medidas necessárias para o combate aos problemas gerados por esse cenário, em conjunto com os órgãos municipais.