Ceclin
out 29, 2011 1 Comentário


Expressões indecorosas constrangem vereadores de Vitória

Por Josimar Cavalcanti.

Palco de uma série de polêmicas das quais nem todas mereceram a nossa atenção e registro devido ao baixo calão de seus conteúdos, assim passou-se indiferente pelos que estavam presentes na noite do dia 26 de outubro, na sessão da Câmara de Vereadores da Vitória de Santo Antão. A leitura da ata da reunião anterior (dia 19) apreciada para possível aprovação, pode-se verificar o conteúdo e registro literal de todas as palavras mencionadas pelo Vereador Pedro Queiroz (PPS), lidas pelo primeiro Secretário Dr. Sylvio Gouveia (PSB) que chegou a esbravejar para o público que sorria ironicamente diante das expressões registradas na mencionada ata.

“Eu no lugar de vocês estaria envergonhado com essa situação”, sentenciou Gouveia.

Tal indignação é compreensível e foi repercutida pelos demais Vereadores, os quais procuravam entender o motivo do aborrecimento do Secretário, alguns ausentes no momento do infeliz pronunciamento do Vereador Pedro Queiroz quando este revoltado afirmou intempestivamente:

“O que vem da Prefeitura de Vitória é pra botar o Fumo depois o Sarem, pau grosso onde se enrola o fumo, nos Vereadores”, vaticinou Queiroz na oportunidade.

Diante da frase que atingiu a “virilidade” dos parlamentares, houve dificuldade na aprovação da ata que foi lida integralmente consumindo mais de uma hora da sessão, fazendo se estender até a meia noite da quinta-feira (27). Contudo, a ata em questão foi aprovada apesar dos três votos contrários por parte dos Vereadores Geraldo Enfermeiro e Sylvio Gouveia (ambos do PSB), Frasão (PSD); salvo o único voto a favor do próprio Pedro Queiroz. Os demais parlamentares aprovaram “com ressalvas”.

Na sessão desta semana o único ponto que merece registro é o que se refere à decisão dos órgãos reguladores quanto ao Abatedouro da Vitória de Santo de Antão. Segundo recomendação do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), o Matadouro Público de Vitória será fechado a partir do dia 1º de novembro (Saiba mais AQUI).

Do mais, dois projetos de lei foram aprovados. Com relação ao projeto de Lei que autoriza a ampliação de 10 hac. em terrenos públicos a Pedreira Vitória, pertencente ao vereador de Pombos, Genaro da Pedreira (PSB), está sendo apreciado a pedido de Pedro Queiroz. O parlamentar deverá fornecer o seu Parecer na próxima plenária legislativa.

CONFIRA AS FOTOS…

Filha caçula de Aglailson torna-se o único fato bom desta sessãoA linda filha caçula do presidente José Aglaílson (foto) virou o “xodó” na reunião desta semana da Casa Diogo de Braga. Sempre ao lado do pai em toda a sessão, ela pertence a geração do terceiro casamento do ex-prefeito de Vitória. O parlamentar é um verdadeiro “pai coruja”, sempre demonstrando cuidado e carinho com a caçula. Será que a simpática menina irá participar da futura geração política da família Queiralvares?

Aglailson ao lado da filha caçula que cochila na Mesa da Câmara