Ceclin
jun 24, 2020 0 Comentário


Exército Brasileiro anuncia duas novas seleções

As oportunidades são temporárias para profissionais da saúde e para admissão e matrícula nos cursos de Formação de Oficiais do Serviço de Saúde do Exército

O Comando da 9ª Região Militar do Exército Brasileiro anunciou processo seletivo para áreas de Oficial Médico Temporário (OMT), Farmacêutico, Dentista e Veterinário (FDV), Oficial Técnico Temporário (OTT), Sargento Técnico Temporário (STT) e Cabo Especialista Temporário (CET). Além dessa seleção, também foi divulgado, na quarta-feira (24/06), por meio do Departamento de Educação e Cultura do Exército (DECEx) e da Escola de Saúde do Exército (EsSEx), concurso público de admissão e à Matrícula, em 2021, nos Cursos de Formação de Oficiais do Serviço de Saúde do Exército (CFO/S SAU).

Para a seleção da 9º Região Militar do Exército Brasileiro, abrangida pelos Estados do Mato Grosso e Mato Grosso do Sul e pelo Município de Aragarças (GO), as inscrições devem ser realizadas no período de 2 a 10 de julho, por meio de preenchimento de ficha de inscrição, que estará disponível pela internet. As candidaturas serão realizadas virtualmente, com excessão para a área de OMT, que deverá seguir o quadro que consta as etapas e locais, presente no edital, com datas que ainda serão divulgadas.

No período de 2 de julho de 2020 a 1º de julho de 2021, os médicos quites com o serviço militar e médicas, de caráter voluntário, poderão se inscrever nesta seleção, presencialmente na Comissão de Seleção Permanente das Forças Armadas (CSPFA), sito à rua Gen Nepomuceno Costa, nº 168, Vila Alba, Campo Grande – MS.

Para participar é necessário que os candidatos sejam brasileiros natos ou naturalizados, tenham ensino superior em medicina, registro do Conselho Regional de Medicina (CRM), estejam em dia com as obrigações perante o Serviço Militar e a Justiça Eleitoral, tenham boa saúde física e mental, além de não pertencerem à ativa ou à reserva remunerada de qualquer Força Armada ou Auxiliar, entre outros requisitos.

Vale pontuar que a prestação do Serviço Militar será na forma de Estágio de Adaptação e Serviço (EAS) e Estágio de Instrução e Serviço (EIS).

O EAS será dividido em duas fases. A primeira é destinada à instrução técnico-militar, com duração de quarenta e cinco dias, sendo realizada, obrigatoriamente, em unidade de tropa. E a segunda fase, destinada à aplicação de conhecimentos técnico-profissionais, será realizada nas OM para as quais os estagiários tenham sido designados.

Já o EIS corresponde à prestação de serviço, sob orientação, como oficial temporário e pode ser realizado nas OM para as quais foram convocados a incorporar, com possibilidade de haver a reincorporação diretamente no EIS, desde que satisfeitos os requisitos exigidos para o EAS.

O método de seleção levará em consideração os aspectos físico, psicológico e moral dos candidatos. Os profissionais convocados serão submetidos às atividades-fim técnicas, especializadas e relacionadas à respectiva área de interesse das Forças Armadas, nas Organizações Militares (OM) da Marinha do Brasil (MB), do Exército Brasileiro (EB) e da Força Aérea Brasileira (FAB).

Já para a seleção DECEx e EsSEx que tem como objetivo a matrícula de 93 candidatos nos cursos de Formação de Oficiais do Serviço de Saúde (IRCAM/CFO/S Sau), há oportunidades para as áreas de medicina, farmácia e odontologia, com vagas para diversas especialidades. As inscrições devem ser realizadas no período de 1º a 31 de julho, por meio do preenchimento da ficha de inscrição, que estará disponível no site da EsSEx.

A taxa de inscrição é no valor de R$ 130,00, com possibilidade de solicitar isenção no período de 1º a 7 de julho deste ano. O método de seleção será composto por etapas de caráter eliminatório e classificatório, de exame intelectual, previsto para o dia 20 de setembro, Prova de Títulos (PvT), a ser realizada somente pelo candidato inscrito para  área de medicina; Inspeção de Saúde (IS), a ser feita apenas pelo candidato aprovado no exame intelectual, Exame de Aptidão Física (EAF) que será realizado, apenas, aos candidatos aprovados no EI e apto na IS; e Avaliação Psicológica (Avl Psc), a ser realizada apenas pelo candidato aprovado no EI, e apto na IS e no EAF.

Além disso, também será será preciso a comprovação dos requisitos para a matrícula. Esta fase será efetuada apenas pelo candidato aprovado nas fases anteriores, no procedimento de heteroidentificação, caso tenha se autodeclarado dentro da especificação e classificado dentro do número de vagas previstas pelo Estado-Maior do Exército (EME). Para mais informações, consulte o edital de abertura das inscrições de cada processo seletivo.