Ceclin
nov 12, 2010 11 Comentários


EXCLUSIVO!! EM PRIMEIRA MÃO!! RESULTADO DO VESTIBULAR 2011:

por Décio Filho
Quero, antes de tudo, parabenizar a passagem dos 03 anos do Programa A VOZ DA VITÓRIA, do qual sou ouvinte. Parabéns a todos os que o produzem!! Parabéns, comandante Lissandro!!

Agora sim. Amigos, depois de uma parada prudencial neste nosso espaço de leitura por conta do período eleitoral, achei por bem retornarmos com uma pitada de humor, imaginando eu que esta pitadinha viria muito bem a calhar, principalmente depois de uma campanha eleitoral tão agressiva e polêmica.
Pois bem, amigos. Tive um sonho bem curioso nestes últimos dias, no qual estavam envolvidos sujeitos que, certamente presentes no meu sono devido à ampla cobertura midiática que lhes é dada ultimamente, se prestavam a realizar o conhecido exame de vestibular.

Lá estavam os ansiosos candidatos:

· * TIRIRICA (alcunha de Francisco Everardo Oliveira Silva);

· * ENEM (alcunha de Exame Nacional do Ensino Médio);

· * INEP (alcunha de Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (amigão do ENEM);

* MEC (alcunha de Ministério da Educação e Cultura (amigão do ENEM e do INEP));

· * Mayara Petruso (namorada dos últimos três candidatos).In

Após a realização das provas, aquela apreensão tomando conta de tudo e finalmente sai o resultado do exame: Candidato aprovado: TIRIRICA.

Inconformados com a reprovação, os demais candidatos entram com recursos direcionados à banca examinadora do concurso, da qual obtêm as seguintes justificativas:

· Candidato INEP – sofreu ponto de corte na Redação, a qual possuía péssima concisão e contexto de idéias. Apenas como exemplo, chegou-se a constar na peça do candidato que a abertura dos portos no Brasil se dera no ano de 1810;

· Candidato ENEM – reprovado por rasurar o cartão de respostas e, letra por letra, copiar a redação do Candidato INEP;

· Candidato MEC – reprovado por entregar a sua prova em branco. Obs: o fiscal de sala levantou forte suspeita (a ser averiguada por comissão responsável) de que a função do candidato no recinto era apenas a de garantir os malfeitos dos candidatos ENEM e INEP;

· Candidata Mayara Petruso – em sua peça de redação, cujo tema pré-estabelecido pela banca era “A FRATERNIDADE, A SOLIDARIEDADE E A DIVERSIDADE CULTURAL COMO BASES DA NAÇÃO BRASILEIRA”, constava como um grande desejo dela, candidata, “a morte por afogamento de todos os nordestinos”. Zero foi pouco. Ponto de corte.

A banca de examinadores ainda emitiu nota informando que o candidato TIRIRICA havia “fechado”, ou seja, obtido notas máximas nas provas de português e matemática, além de ter feito uma redação excelente, onde narrava que a maior riqueza brasileira estava nas diferenças culturais, de crenças e de costumes.

Segundo a nota, o candidato, para demonstrar o elevado grau de fraternidade e solidariedade entre os brasileiros, desafiou a todos dizendo ser plenamente possível, no Brasil, a título de exemplo, a eleição de um palhaço cearense em qualquer um dos Estados da nossa Federação, inclusive São Paulo. Terminou a redação prometendo provar o que disse. Só não levou 10 porque misturou campanha eleitoral com algo tão sublime e por que não dizer, sagrado, como o vestibular.

Sonho esquisito esse, hein?!! Acordei assustado, às 4 da madrugada, não dormi mais.


por Décio Canuto dos Anjos Filho,

Secretário de Defesa do Cidadão – Vitória de Santo Antão/PE.