• Ceclin
mai 15, 2019 0 Comentário


Evento discute abuso e exploração sexual infantil em Glória do Goitá

Giral em Glória do GoitáRealizado pela ONG Giral, em Glória do Goitá, na Mata Norte, segue até sexta-feira (17/5) um evento que discute o abuso e a exploração sexual no Município – 1º Educar para Proteger. Aberto ao público geral, de forma gratuita, a programação está diversificada. Tem exposição de artes e fotográfica; exibição de vídeos temáticos produzidos pelo Canal Futura e apresentação teatral e musical. As crianças, adolescentes e jovens da Organização e estudantes da cidade participam e são protagonistas do evento.

“No Giral, o dia hoje é marcado como o dia do enfrentado. No Município, os Conselhos de Direito e Tutelar têm se preocupado com o alto índice de casos de abuso e exploração contra a infância. Notificados ou não, o fato tem se tornado assunto de debates da sociedade civil organizada. A programação soma-se a uma série de iniciativas em alusão ao 18 de maio – dia de enfrentamento ao abuso e a exploração sexual contra crianças e adolescentes”, expõe o presidente do Giral, Leonildo Moura.

A ação é um desdobramento do Projeto Educar para Proteger, realizado pelo Giral, em parceria com o Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (CEDCA) de Pernambuco, que realiza ações educativas de prevenção ao abuso e exploração sexual com estudantes e professores das escolas públicas de Glória do Goitá. A exposição permanece até sexta-feira, dia 17.

Local do evento: Sede do Giral – Rua das Orquideas, 148, Santa Felicidade – Glória do Goitá/PE.