Ceclin
set 29, 2011 6 Comentários


Estudantes da UFPE fazem protesto nesta quinta

JC Online

Estudantes da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) deverão realizar um ato público esta quinta (29), às 14h, em frente à Reitoria. O motivo do protesto, segundo os alunos, seria a “falta de atenção da instituição” em relação aos sucessivos casos de suicídio. Somente este ano, quatro casos foram contabilizados, um deles na quarta (28) à tarde. Todos ocorreram no Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFCH).

A universidade alega que, recentemente, providências foram tomadas para evitar que novos casos fossem registrados. “Gradeamos as varandas de todos os andares da parte traseira do CFCH”, explicou o diretor de segurança institucional da UFPE, Armando Nascimento.

De acordo com o diretor, a estudante que suicidou-se quarta pulou de uma janela lateral. Por isso, levantamentos serão realizados, a fim de que se encontrem soluções para garantir segurança no prédio. “Deveremos concluir esses estudos e apresentar à prefeitura da universidade até a próxima terça-feira”, garantiu, ressaltando que o edifício não pode ficar completamente fechado.

“É uma orientação do Corpo de Bombeiros pois, em casos de emergência, fica mais difícil sair do local”, salientou. Depois de concluído o estudo, a UFPE deverá abrir uma licitação para contratar a empresa que realizará o serviço.

A aluna que suicidou-se quarta cursava Ciências Sociais. O caso comoveu estudantes que, em seguida, começaram a se manifestar pelas redes sociais, como Twitter e Facebook.

De acordo com relatos publicados na internet, o corpo da jovem teria caído ao lado de outras estudantes que estavam do lado de fora do Centro de Educação, aguardando o início de uma aula.

Ainda quarta, alunos da universidade organizaram um ato: eles deram as mãos, acenderam velas ao redor do CFCH, promoveram um minuto de silêncio e uma salva de palmas.