Ceclin
abr 08, 2016 0 Comentário


Estudantes da Miriam Seixas, em Jaboatão, realizam ato em frente à escola nesta segunda (11)‏

escola publicaEstudantes da Escola Supervisora Miriam Seixas, localizada em Jaboatão dos Guararapes (RMR), se mobilizam nesta segunda-feira (11), às 7h, em frente à unidade de ensino, para cobrar do poder público o que está faltando na instituição. A maior queixa está relacionada ao calor que os professores e estudantes enfrentam diariamente nas salas, e no turno da tarde a situação é ainda mais delicada.

Além do calor, os meninos reclamam da falta de professor de Matemática e de equipamentos para os laboratórios. A quadra é outra reivindicação de quem faz parte da escola. Há três anos, que os profissionais e estudantes convivem diariamente com essas faltas e na tentativa de se buscar uma solução mais eficaz, decidiram realizar esta mobilização para chamar atenção da sociedade e dos órgãos da educação.

O gestor da instituição já solicitou as demandas colocadas anteriormente a Secretaria de Educação, mas até agora não tiveram resposta. A escola Supervisora Miriam Seixas conta com 900 alunos, nos turnos da manhã, tarde e noite. Lá, funciona fundamental 2, médio, EJA, Travessia.

Endereço: Avenida Dr. Júlio Maranhão, sn, Jardim Prazeres, Jaboatão dos Guararapes.