Ceclin
abr 14, 2021 0 Comentário


Estagiários da Secretaria de Saúde de Vitória começam a ser vacinados

Os estudantes vinculados à Secretaria de Saúde de Vitória irão se vacinar no Vitoria Park Shopping, um dos pontos montados para aplicação das doses do imunizante. Foto: Divulgação

Estagiários da UFPE que atuam na saúde básica de Vitória começam a ser vacinados e a inclusão do grupo nesta etapa da imunização foi informada em reunião entre a UFPE e representantes da Secretaria de Saúde de Vitória

Teve início, na tarde da quarta-feira (14.04), em Vitória de Santo Antão, a vacinação dos estagiários que atuam nas unidades de saúde da atenção básica e de média complexidade do Município. A inclusão do grupo nesta etapa da imunização, que abrange estudantes da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e de outras instituições de ensino localizadas da cidade, foi informada em reunião na manhã desta quarta, entre a UFPE e representantes da Secretaria de Saúde de Vitória. O encontro foi realizado de forma remota e teve o objetivo de articular a vacinação da comunidade acadêmica da UFPE que atua na área de saúde no Município.

De acordo com a responsável pela Educação Permanente em Saúde de Vitória de Santo Antão, Rosana Ferreira, serão imunizados, nesta etapa do plano municipal de vacinação, os estudantes vinculados à Secretaria de Saúde de Vitória. A lista com esses nomes está sendo informada pelas próprias instituições de ensino e encaminhada pela Secretaria de Saúde para a equipe responsável pela vacinação no Vitoria Park Shopping, para onde os estudantes devem se dirigir para receber as doses do imunizante. É necessário levar documento com foto e termo de compromisso. “Iremos entrar em contato com as instituições para instruí-las sobre como elas devem proceder”, explicou Rosana.

Conforme explicou Marcos dos Santos, gerente da Vigilância em Saúde de Vitória, a quantidade de doses fornecidas pelo Ministério da Saúde está aquém das necessidades do Município. “Nossa decisão inicial foi de contemplar os estagiários que estão em nossa rede municipal, obedecendo os critérios de estratificação que estabelecemos desde o início com os profissionais de saúde. Com isso, entrariam nesta etapa os estagiários da rede pública. Com a chegada de novas doses, iremos iniciar os estagiários da rede privada”, justificou Marcos.

LEIA TAMBÉM: – Governador de Pernambuco amplia vacinação para idosos acima de 60 anos de idade

O gerente da Vigilância em Saúde informou ainda que a imunização dos profissionais que atuam no Hospital João Murilo de Oliveira está sob a responsabilidade da Secretaria de Saúde do Governo do Estado. Já no caso dos estudantes que trabalham no hospital, a responsabilidade pela vacinação será discutida junto à Gerência Regional de Saúde (Geres). Marcos disse ainda que também está sendo avaliada a imunização dos professores preceptores e daqueles que atuam na gestão na área de Saúde.

Para o reitor da UFPE, Alfredo Gomes, o encontro representa a valorização dos estudantes que prestam assistência à população local, de maneira supervisionada. O gestor considera o aumento da cobertura vacinal contra Covid fundamental para mitigação de riscos. O diretor do Centro Acadêmico de Vitória (CAV), José Eduardo Garcia, também avaliou como positiva a reunião da Secretaria de Saúde de Vitória com a gestão da UFPE. “Ela reafirmou o compromisso da Universidade em contribuir com a cidade e com a Secretaria de Saúde a partir de nossos professores e estudantes nas unidades de Saúde de Vitória de Santo Antão”, disse ele.

Além do reitor e do diretor do CAV, a reunião com a Secretaria de Saúde de Vitória também contou com a participação do vice-diretor do CAV, José Antônio dos Santos; da professora Livia Teixeira de Souza Maia, representando o CAV no GT Covid-19 da UFPE; Sérgio Abranches, chefe de Gabinete da Reitoria da UFPE; Maíra Pitta, membro da UFPE no Comitê Técnico Estadual para Acompanhamento da Vacinação contra a Covid-19; e João Neto, do Diretório Central dos Estudantes (DCE) da UFPE.

Na próxima sexta-feira (16), haverá reunião da UFPE com gestores da Secretaria de Saúde de Caruaru. A gestão da Universidade também tem feito encontros sobre imunização com representantes dos estudantes.