Ceclin
set 17, 2014 0 Comentário


Estado inaugura em Timbaúba, unidade da Funase que atuará com o apoio da comunidade

(Fotos: Mauro Filho / Divulgação).

Com informações da Assessoria

Foi inaugurada na manhã dessa terça-feira (16) pelo secretário da Criança e da Juventude, Pedro Eurico, a unidade de internação da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase), localizada em Timbaúba, na Zona da Mata Morte do Estado. O novo centro, que está entre um dos mais modernos do país, tem capacidade para 84 adolescentes entre 15 e 17 anos do sexo masculino e segue as exigências do Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (Sinase).

Entre as autoridades presentes no local estavam o secretário da Casa Civil, Luciano Vasques, representando o governador João Lyra Neto, o presidente da Funase Eutácio Borges, o juiz da Vara da Infância e Juventude Humberto Vasconcelos, o prefeito de Timbaúba Júnior Rodrigues, o representante da Maçonaria no município, Luciano Vasconcelos e o vigário geral da Arquidiocese de Nazaré da Mata, Antônio Inácio Pereira.

O Secretário estadual da Criança e da Juventude, Pedro Eurico, destacou o compromisso assumido pelo ex-governador Eduardo Campos e ratificado pelo governador João Lyra, no enfrentamento à violência e com a reestruturação da Funase, com a construção de novas unidades. “A primeira construção era o enfrentamento à tortura, com uma batalha de consciência da sociedade. Não vamos compactuar com qualquer tipo de violência contra os nossos jovens”, ratificou o gestor, lembrando ainda que há unidades no Recife, Arcoverde, Jaboatão dos Guararapes e Cabo de Santo Agostinho que vêm sendo construídas ou reformadas.

Vinte e seis socioeducandos, que estavam sendo atendidos no antigo Case Timbaúba, já serão transferidos para a nova unidade na tarde desta terça-feira. Outros 42 internos, naturais de cidades da Mata Norte, também serão encaminhados para continuarem o cumprimento da medida socioeducativa. Para o presidente da Funase Eutácio Borges a participação da comunidade é de fundamental importância. “A comunidade participando através desse grupo de apoio vai atender as necessidades tanto dos jovens em cumprimento de medida, quanto de todos aqueles que participam do processo de ressocialização”, garante.

A nova unidade será a primeira no Estado a contar com a atuação de um Grupo Comunitário de Apoio e Acompanhamento de execução das medidas socioeducativas, formado por cinco representantes voluntários com mandato de 12 meses. Eles irão operar apresentando propostas de melhorias a serem desenvolvidas na unidade. Os projetos serão analisados pela Funase e, se aprovados, serão executados. A intenção é que, pelo menos, mais duas unidades iniciem os trabalhos do Grupo Comunitário de Apoio até o final deste ano. Os Cases Caruaru, Jaboatão dos Guararapes, Petrolina e Vitória de Santo Antão são alguns dos centros que já estão na rota do projeto.

Timbaúba – O novo centro possui uma área construída de 1,7 hectares e contará com três casas de convivência, cinco quartos com capacidade para quatro adolescentes, cada, consultórios, uma Escola Estadual com duas salas de aula, biblioteca, sala de informática, cozinha com refeitório, espaço ecumênico, quadras de areia e polivalente, três salas para a prática de oficinas esportivas, lúdicas, culturais e profissionalizantes, entre outros ambientes. Uma seleção pública simplificada foi realizada no município, no último mês de maio, para a contratação de 70 agentes e seis assistentes socioeducativos que irão atuar no Case Timbaúba.