Ceclin
dez 23, 2015 0 Comentário


Empresa responsável pela coleta de lixo encerra atividades em Gravatá

Dívidas e lixo se acumulam em Gravatá. Foto: Divulgação

Dívidas e lixo se acumulam em Gravatá. Foto: Divulgação

A empresa responsável pela coleta de lixo em Gravatá, no Agreste pernambucano, suspendeu os serviços na cidade desde ontem (22). O motivo seria o atraso no pagamento por parte da Prefeitura Municipal a Edserv Locações e Serviços Ambientais Eireli ME, fato que vem causando polêmica e repercussão desde a gestão do prefeito afastado Bruno Martiniano (sem partido). O valor da dívida passa dos R$ 1,3 milhão.

Segundo informações de alguns funcionários da empresa, a paralisação das atividades deve durar até o início de janeiro, caso a situação não seja regularizada. Como medida paliativa, a gestão interventora de Gravatá orientou para que o lixo seja recolhido em algumas localidades com retro escavadeiras e caçambas.