Ceclin
jan 28, 2021 0 Comentário


Emenda de Gleide Ângelo vai ajudar Casa da Mulher de Glória do Goitá

A necessidade de espaço político para que sejam desenvolvidas e executadas atividades que legitimem os direitos das mulheres enquanto cidadãs é uma das grandes dificuldades para a ampliação de uma maior participação feminina na sociedade. Em Glória do Goitá, a prefeita reeleita Adriana Paes (PSD) compreende as sinuosidades desta conquista feminina por espaços públicos e tem buscado desenvolver políticas pela igualdade de gêneros no Município.

Assim, a gestora se encontrou com a Delegada e deputada estadual Gleide Ângelo (PSB) para uma reunião da qual também participaram os secretários municipais e o presidente da Câmara Municipal, vereador Valdeir Félix (PSD).

Na ocasião, foram abordados pontos para o reforço de atividades em prol das mulheres glorienses, e a deputada assegurou a aquisição de veículo para a Casa da Mulher do Município – órgão dedicado para o atendimento às mulheres em situação de vulnerabilidade social, com a disponibilização de serviços tanto de assistência social e advocacia até de apoio psicológico. “A prefeita Adriana Paes compartilha do mesmo pensamento que o meu quando falamos sobre o fortalecimento dos direitos das mulheres. O fruto deste compromisso eu vejo aqui, no trabalho desta Casa. O amparo emocional e o apoio psicológico às mulheres vítimas de violência doméstica são fundamentais para as mulheres fragilizadas. Elas precisam de ajuda para a reconquista da autoestima, e, assim, conseguirem também resgatar a independência. Nossa emenda vai melhorar e ampliar as atividades destes profissionais, fazendo com que o trabalho deles tenha um maior alcance, beneficiando e resgatando mais vítimas de abusos”, ponderou.

CENTRO COMERCIAL – Com o término da agenda administrativa, a Delegada percorreu o centro comercial de Glória do Goitá, onde apresentou seu balanço de dois anos de trabalho no legislativo. “De nada adianta o conhecimento se você não pode compartilhar. As pessoas precisam saber sobre seus direitos, sobre como estamos trabalhando para construir uma realidade com mais oportunidades e qualidade de vida para homens e mulheres. Não é um momento fácil, mas vamos seguir trabalhando. Minha prestação de contas é um compromisso direto com os pernambucanos”, explica a Delegada, que tem 35 leis aprovadas em áreas como educação, habitação, saúde, direitos do consumidor e direitos das mulheres.