Ceclin
out 17, 2012 0 Comentário


Em Ribeirão, Romeu Jacobina acusa rival de tentar golpe com ajuda da justiça eleitoral

Blog do Jamildo

Após vencer as eleições no município de Ribeirão, Zona da Mata Sul do Estado de Pernambuco, Romeu Jacobina, do PR, anunciou que vai à Brasília, juntamente com o deputado estadual Pedro Serafim Neto, do PDT, a fim de resolver problemas de campanha e para articular recursos para o município.

“Com alguns resíduos eleitorais de campanha a serem resolvidos, espero aniquilar todas as tentativas de impugnação geradas pelo meu principal adversário político, o usineiro Marcelo Maranhão, do PTB, que entrou contra minha coligação (MUDA RIBEIRÃO), no Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco, ganhando em três contraditórias”, descreveu Romeu Jacobina.

“A vitória já foi decidida pelo povo, que nos deu uma vitória com mais de mil votos à frente do nosso adversário. Nossa ida a Brasília é apenas para acompanhar o resultado do processo, que já foi favorável, segundo o ministro Dias Tóffoli e para visitar alguns gabinetes, como o do senador Humberto Costa (PT), além do deputado federal Inocêncio Oliveira (presidente Regional do PR), José Múcio (TCU) e alguns ministérios para dar o ponta pé inicial à mudança em Ribeirão”, informa.

Qual seria a razão de o republicano estar se antecipando a buscar recursos e apoio? “Por conta da péssima situação em que o município se encontra. Ribeirão não tem nada. O povo vive no limite”, disse. “Com 50,71% dos votos válidos, representando 11.721 votos, eu dei fim na era “usineira” da administração daquele município”.