Ceclin
abr 05, 2017 0 Comentário


Em Quipapá, suspeitos de roubo de carga morrem em confronto com a Polícia

suspeitos-de-assalto-a-carga

Dois mortos e um menor baleado com tiro de fuzil. Integrantes da quadrilha eram de Garanhuns, no Agreste de Pernambuco.

Por volta das 08h. da manhã desta quarta-feira (05/04), quatro suspeitos armados em um Fiat Punto, circulando na rodovia na BR 104 com a PE 177 – trevo de acesso à Quipapá, na Mata Sul de PE, abordaram e assaltaram um caminhoneiro, tendo um dos bandidos subtraído e vestido a farda do motorista que dirigia um caminhão baú contendo uma carga de diversos materiais de limpeza e alimentos.

A Polícia Civil e a Polícia Militar foram acionadas e ao localizar os acusados, houve troca de tiros, quando um Policial Militar do GATI lotado no efetivo do 10º Batalhão de Palmares, acabou ferido na perna e socorrido ao Hospital Regional de Palmares. Em meio à troca de tiros, dois dos bandidos foram alvejados e tombaram sem vida, enquanto um menor de 16 anos foi baleado com um tiro de fuzil no abdômen. Dos mortos foram José Idson dos Santos Pereira, conhecido por “Dissinho”, de 22 anos, e Gabriel​, ambos residiam em Garanhuns. Por sua vez, quanto ao quarto suspeito, este conseguiu evadir-se.

Os corpos dos dois assaltantes de cargas foram encaminhados ao Instituto de Medicina Legal (IML), de Caruaru.

Dissinho – Conhecido em Garanhuns, ele já tem passagem pela Justiça. Em 06/04/2015 acabou preso por policiais civis da 22ª Delegacia de Homicídio de Garanhuns por força de Mandado de Prisão pedido pelo Delegado João Lins. Ele era suspeito de ter participado de um assalto no bairro do Indiano – em Garanhuns, quando na época o proprietário do estabelecimento reagiu ao assalto e matou seu comparsa com um tiro de espingarda calibre 12 nas costas, trata-se do Luan Carlos Ferreira da Silva, de 24 anos, que morava também em Garanhuns.