Ceclin
nov 13, 2020 0 Comentário


Em Pernambuco, seis cidades podem ter segundo turno nas Eleições 2020

Nas Eleições 2020, seis cidades de Pernambuco poderão decidir seus prefeitos no segundo turno, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Em 2016, eram quatro: Recife, Olinda, Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana, e Caruaru, no Agreste. As novatas são Paulista, no Grande Recife, e Petrolina, no Sertão.

No Brasil, 95 cidades possuem mais de 200 mil eleitores aptos a votar, que é o critério para ter segundo turno. A única capital do País que não atingiu a marca de 200 mil eleitores e que, por isso, não poderá ter segundo turno é Palmas (TO).

Nas cidades que possuem menos de 200 mil eleitores aptos a votar, o critério para escolher os prefeitos é a maioria numérica. Quem tiver mais votos válidos, ganha, independente da soma ser próxima ou distante dos números alcançados pelos concorrentes.

Segunda chance

De acordo com o cientista político Vítor Diniz, o segundo turno simboliza uma nova eleição. “É uma ferramenta muito importante no sistema eleitoral brasileiro porque dá oportunidade do eleitor ter mais tempo de analisar cada candidato e a disputa fica mais clara. Há uma concentração em apenas dois candidatos e o eleitor tem a chance de entender melhor o programa e as propostas de cada um”, afirmou.

Para Diniz, o segundo turno garante mais legitimidade, principalmente em cidades com maior número de eleitores. “Imagine se, em uma cidade grande como Recife, um candidato fosse eleito com 25% ou 30% dos votos? Seria muito complicado”, disse. “Com o segundo turno, isso não acontece. O vencedor vai ganhar com mais de 50% dos votos”, completou.

Veja a lista de cidades que podem ter segundo turno nas Eleições 2020:

Caruaru
Jaboatão dos Guararapes
Olinda
Paulista
Petrolina
Recife

Segundo turno na história

No site do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE), é possível consultar a evolução do número de eleitores em Pernambuco desde 1994. Neste registro, Recife, Jaboatão e Olinda já tinham a possibilidade de realizar segundo turno.

A primeira vez que houve uma disputa de segundo turno em Pernambuco, no entanto, só aconteceu em 1996, em Jaboatão. Os candidatos Newton Carneiro (PPB) e Ulisses Tenório (PSDB) disputaram a prefeitura no segundo turno, terminando com a vitória de Newton Carneiro.

Em 2000, foi a primeira vez que Recife teve segundo turno, disputado por Roberto Magalhães (PFL) e João Paulo (PT). A eleição terminou com uma reviravolta e a eleição de João Paulo, que tinha ficado em segundo lugar no primeiro turno.

Olinda também teve o seu primeiro segundo turno em 2000. Jacilda Urquiza (PMDB) e Luciana Santos (PCdoB) foram para o segundo turno, que terminou com a vitória de Luciana, segunda colocada na primeira etapa.

O primeiro turno só foi permitido em Caruaru no ano de 2016, quando a cidade atingiu 225.164 mil eleitores. Naquele ano, Tony Gel (PMDB) e Raquel Lyra (PSDB) foram para o segundo turno, que terminou com a vitória dela.

Eleitorado

Em Pernambuco, 6.735.391 eleitores estão aptos a votar. Em 2016, eram 6.508.849. O eleitorado das cidades que tem segundo turno subiu entre 2016 e 2020.

No Recife, passou de 1.119.271 para 1.157.324. Em Jaboatão, saiu de 443.559 para 454.915. Em Olinda, foi de 259.876 para 282.952. Em Caruaru, subiu de 210.105 para 225.164.

Entre as novatas, Paulista tinha 193.919 eleitores em 2016 e Petrolina somava 184.774 aptos a votar na eleição passada. Este ano, são 216.859 em Paulista e 210.359 em Petrolina.

Como checar a sua situação eleitoral

Por conta da pandemia, ao longo deste ano, os serviços eleitorais tiveram seus funcionamentos alterados. O TSE lançou uma plataforma para orientar os eleitores, com links para verificar a sua situação eleitoral e conferir o seu número de título de eleitor, por exemplo. Além disso, ao acessar a página, o usuário pode clicar na unidade da federação onde reside e conferir telefones para contato.

Datas

Este ano, o calendário das eleições foi adiado por causa da pandemia provocada pelo novo coronavírus: o primeiro turno acontece neste domingo (15/11); e o segundo, em 29 de novembro, de acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Por G1 PE