Ceclin
ago 16, 2016 0 Comentário


Em PE, preços dos medicamentos podem variar mais de 300% de uma farmácia para outra

REMEDIOS

Uma pesquisa realizada recentemente pelo Procon avaliou e comparou os preços de medicamentos comercializados nas drogarias da cidade. Segundo a pesquisa, os valores dos medicamentos oscilaram de acordo com a marca e o estabelecimento, e a diferença pode ser gritante, chegando a 324,8% entre medicamentos de referência e 345,4% entre os genéricos. A pesquisa indicou ainda que os genéricos, em média, são 50% mais baratos que os medicamentos “de marca”.

Para o Secretário Executivo do PROCON Recife, José Neves, essas diferenças de preços não se justificam. “Quando falamos de medicamentos não estamos nos referindo ao um produto qualquer, mas sim de um produto essencial à saúde dos consumidores. Uma variação de preços tão alta como esta demonstra um grande desrespeito do fornecedor para com o consumidor”, explica Neves. O Secretário ressalta também também a importância da pesquisa de preços, que pode ser crucial diante de uma variação tão grande.

Um exemplo dessa variação é o medicamento de referência Propranolol (usado, entre outras coisas, para controlar problemas de hipertensão arterial), na apresentação de 40 mg com 30 comprimidos, que chegou a custar nas drogarias em seu o menor preço R$ 2,50 e maior R$ 10,62. Já o medicamento genérico na fórmula Furosemida, 40mg com 20 comprimidos, foi encontrado no menor preço por R$ 3,30 e o maior preço chegando a custar R$ 14,70.

Para que possam se proteger dos preços abusivos, o Procon orienta que os consumidores confiram a lista de Preços Máximos dos medicamentos, disponível no site da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), no endereço www.anvisa.gov.br. Também devem ser consultadas as listas de preços disponíveis ao consumidor nas farmácias e drogarias, conforme determinação contida na Resolução da Câmara de Resolução do Mercado de Medicamentos (CME), órgão que estabelece o preço máximo dos medicamentos vendidos no Brasil.

Diário de Pernambuco