Ceclin
Maio 21, 2016 0 Comentário


Em Palmares, suspeitos de envolvimento na morte de Civil são detidos

page

Nova+

Seis rapazes foram detidos no município de Palmares, na última quinta-feira (19/05), acusados de envolvimento no assassinato de um comissário da Polícia Civil, ocorrido na noite da quarta-feira (18), na cidade de Água Preta, ambas cidades na Mata Sul de Pernambuco. A operação contou com cerca de trinta policiais, entre oficiais do BEPI (Batalhão Especializado de Policiamento do Interior), Policiais Civis de Água Preta e Palmares e o Serviço de Inteligência (P2). Segundo informações da PM, cinco homens e uma mulher foram detidos por suspeita de participação em uma empreitada criminosa que resultou na morte do policial aposentado José Guilherme de Mendonça Fonseca, 54. Eles foram identificados como: Bruno Pacheco da Silva, vulgo “Zorro”, 24; Jeferson Antônio da Silva, vulgo “Neguinho”, 20; e Edenilson Pereira da Silva, 25. Os outros três foram ouvidos e liberados.

Em depoimento, Jeferson Antônio confessou que ele e seu comparsa, Bruno Pacheco, foram os responsáveis pelo assalto à Pizzaria e que atiraram contra o comissário porque o mesmo havia sacado uma arma no momento do delito. Ele ainda relatou que entrou em luta corporal com o policial e que, quando os dois caíram ao chão, “Zorro” efetuou dois tiros contra ele. Aproveitando a situação, “Neguinho” pegou a arma do comissário e desferiu mais dois disparos em sua direção.

Após várias buscas, o efetivo militar localizou as armas e a motocicleta (Honda Titan, vermelha, placa KJT-6426), que os delinquentes utilizaram no crime. O material foi apreendido no bairro de Santo Onofre, na casa de Edenilson Pereira, Evair Pereira e Renata Maria. Todos os três são irmãos. A arma do policial também estava na casa deles. Os agentes relataram que esses rapazes fazem parte de uma quadrilha responsável por furtos e arrastões na região. Todos os envolvidos foram encaminhados à Delegacia local para que fossem tomadas as medidas cabíveis.