Ceclin
dez 19, 2012 1 Comentário


Em Jaboatão, Elias Gomes promete mudanças na máquina

Foto: divulgação

Prefeito reeleito promete anunciar nesta quarta-feira uma reforma administrativa. O objetivo é reduzir custos da máquina pública

O prefeito reeleito de Jaboatão, Elias Gomes (PSDB), prometeu anunciar na tarde desta quarta-feira uma reforma administrativa no município, com a intenção de reduzir os custos da máquina pública. Com a reorganização de pastas, aglutinando o que o prefeito chamou de “políticas correlatas”, além do corte de cargos comissionados, o tucano pretende economizar aproximadamente 20% do gasto com funcionamento da administração pública.

De acordo com Elias Gomes, Jaboatão tinha 21 secretarias quando ele assumiu, em 2009, hoje são 11 e ele pretende reduzir para “nove ou menos”, com a reforma a ser anunciada hoje. O tucano, que foi diplomado nessa terça-feira, adiantou algumas pastas que serão fundidas. Será criada a Secretaria de Ordem Pública e Segurança Cidadão, unificando todo o serviço da guarda municipal, controle de trânsito, defesa civil e ambiental, entre outros serviços correlatos, além de fazer o diálogo com as políticas estaduais de segurança pública e o Pacto Pela Vida.

O prefeito adiantou ainda a criação da Secretaria de Políticas Sociais Integradas, que reunirá um amplo leque de prestação de serviços públicos, das mais diversas áreas como Saúde, Educação, Cultura e Assistência Social. Na estrutura administrativa, o tucano antecipou também a unificação das pastas de finanças e administração na Secretaria de Gestão Integrada.

“Já fiz esse tipo de reforma com muito sucesso quando fui prefeito do Cabo. Você tem uma gestão integrada, em que uma área acaba interferindo, influindo e ajudando diretamente na outra, acabando com o atraso das ilhas de isolamento”, defendeu o gestor. Apesar de anunciar nesta quarta-feira a reforma administrativa, apenas na sexta-feira (21) o jaboatonense conhecerá o seu novo quadro de secretários.