Ceclin
nov 22, 2012 0 Comentário


Em Gravatá, suposto ladrão preso e amarrado com cordas

O envolvido é o ex-presidiário Fernando Clementino dos Santos, 29 anos, morador de Vitória de Santo Antão

do Portal GN

Um fato inusitado aconteceu em Gravatá no início da noite dessa quarta-feira (21). O comerciante Gildo José de Lira conduziu até a da 62ª DEPOL amarrado com pedaço de corda o suspeito de ter invadido na madrugada da última terça-feira (20/11) o seu bar situado na Rua Paranaguá, zona norte da cidade.

O ex-presidiário Fernando Clementino dos Santos, 29 anos, morava na cidade de Vitória de Santo Antão, onde recentemente esteve preso durante dois anos cumprindo pena em regime fechado por roubo, conforme artigo 155 do Código Penal Brasileiro. Segundo informações do comerciante e de outra testemunha, cujo nome será mantido em sigilo, Fernando subtraiu mais de R$ 500 em cédulas trocadas, um botijão de gás e dez litros de aguardente. A testemunha reconheceu o ladrão quando o mesmo tentava vender o botijão de gás por apenas dez Reais. Depois de negar a compra, as testemunhas comunicaram ao proprietário.

O comerciante saiu em perseguição do acusado que durante a fuga acabou caindo e cortando a cabeça. No Hospital Dr. Paulo da Veiga Pessoa, o acusado foi atendido pelo médico de plantão e em seguida conduzido novamente à Delegacia. Os agentes ouviram o depoimento da vítima e do acusado, mas, por falta de provas concretas, o suspeito foi liberado e responderá as acusações em liberdade.