Ceclin
dez 18, 2020 0 Comentário


Em Gravatá, Padre Joselito e Júnior Darita são diplomados prefeito e vice

Na manhã da sexta-feira (18/12), os candidatos eleitos no último dia 15 de novembro foram diplomados para os respectivos cargos no salão do Júri do Fórum de Gravatá, no Agreste pernambucano. A sessão foi presidida pelo Juiz da 30ª Zona Eleitoral, Luiz Célio de Sá, contando com a presença da promotora Eleitoral, Fernanda Nóbrega, representando a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) o advogado Marllon Lima.

O prefeito eleito, padre Joselito Gomes da Silva (PSB), o vice-prefeito Edval Carlos de Sousa Júnior (Júnior Darita – PL) e os quinze vereadores eleitos participaram do ato solene. Devido à pandemia causada pelo novo Coronavírus, o ato de diplomação foi restrito aos eleitos.

O vice-prefeito Júnior Darita, de 52 anos, destacou a alegria em poder representar o povo de Gravatá junto ao padre Joselito. “Esse é o momento que marca a libertação do povo de Gravatá, que elegeu a nossa união que irá trabalhar para o bem de todos os gravataenses”, discursou.

Para o Prefeito eleito de Gravatá, o ato de diplomação reafirma o compromisso de cuidar do povo que necessita de tantos cuidados. “Hoje fomos diplomados pela Justiça Eleitoral que nos entrega esse certificado que nos permite trabalhar para o nosso povo. O nosso compromisso é cuidar de Gravatá. Cuidar de todos que precisam de atenção, de serviços públicos de qualidade. Estaremos unidos, ouvindo a população, trabalhando para todos, em especial, para os mais carentes”, assegurou Joselito Gomes, que tem 59 anos.

Apoiado pela coligação formada pelos partidos PSB, PL, PCdoB, PT, PDT, PSC, Patriotas e PV, Padre Joselito obteve 54,69% dos votos, sendo 26.909 votos no total. O candidato derrotou o atual prefeito Joaquim Neto (PSDB), que ficou em segundo lugar com 41,68% (20.508 votos), bem como os candidatos Rodolfo Silva (Cidadania) com 3,39% e o Delegado Wilson Alves (PTC) que obteve apenas 0,23%.

A composição da Câmara Municipal para os próximos quatro anos contará com 15 vereadores. A maior bancada será do PSDB, com quatro vereadores eleitos, e o PSB, com três representantes. Léo do Ar (PSDB), atual presidente do Legislativo, recebeu o maior número de votos, com 1.808. Os demais vereadores eleitos e diplomados foram, a saber: Gil Dantas de Uruçu (PSDB) – 1.538 votos; Cabritinha (PSB) – 1.354; Adeildo do Abacaxi (MDB) – 1.134 votos; Zé da Saúde (PSB) – 1.120 votos; Nino da Gaiola (PP) – 1.085 votos; Nego Suíno (PSB) – 989 votos; Prequé (PSD) – 916 votos; Régis (PSL) – 881 votos; Leandro do Transporte Alternat (PL) – 862 votos; Léo Giestosa (PTB) – 803 votos; Tadeuzinho (PSDB) – 717 votos; Bruno Sales (PSDB) – 691 votos; Tonho da Rodoviária (PTB) – 670 votos; Nenê de Uruçu (PV) – 368 votos.