• Ceclin
mar 16, 2020 0 Comentário


Em Glória, Pablo Dantas é eleito Presidente do Museu do Mamulengo nos 80 anos do Mestre Zé de Vina

Desde 2016, o produtor vitoriense Pablo Dantas iniciou um trabalho de produção e captação de recursos junto a instituição. Fotos: Vinícius Dantas/Divugação

Desde 2016, o produtor vitoriense Pablo Dantas iniciou um trabalho de produção e captação de recursos junto a instituição. Fotos: Vinícius Dantas/Divulgação

A nova diretoria da Associação Cultural de Mamulengueiros e Artesãos de Glória do Goitá (ACMAGG) foi eleita e tomou posse no último dia 14 de março. O evento ocorreu no Museu do Mamulengo do Glória do Goitá, na Mata Norte, contando com a presença dos associados e membros da instituição. Essa é a nova composição: Presidente: Pablo Dantas. Vice-presidente: Genilda Félix. 1ª Tesoureira: Jacilene Félix. 2ª Tesoureira: Estefany Freitas. 1ª Secretária: Edjane Lima. 2ª Secretária: Tamires Nascimento.

A Associação e o Museu foram coordenados por Edjane Lima (Titinha) durante 10 anos. Ela faz parte da geração de mulheres artesãs e brincantes que lideraram o Mamulengo, antes feita apenas por homens. A convite dela, em 2016, o produtor vitoriense Pablo Dantas inicia um trabalho de produção e captação de recursos junto a instituição. Diversos projetos foram executados nesses últimos quatro anos em parceria com a Fundarpe/Governo do Estado de PE, contribuindo com a manutenção das atividades, gerando trabalho, renda e perpetuando o conhecimento dos mestres Mamulengueiros.

Pablo Dantas e Meste Zé de Vina“É uma responsabilidade imensa assumir a presidência desta instituição que muito em breve completa 20 anos e é o lugar de salvaguarda dessa brincadeira secular. Aceitei esse desafio porque sei que estarei ao lado de todos os artesãos e brincantes nessa jornada. O País vive um período  difícil em relação a política de incentivo à cultura. É momento de união e luta!”, comentou o produtor Pablo Dantas.

No mesmo dia, o Mestre Zé de Vina recebeu uma homenagem pelos seus 80 anos de vida. Ele é o mais antigo mamulengueiro em atividade, apesar de algumas limitações físicas que idade lhe impôs. Contudo, a sua lucidez e profundo conhecimento sobre a cultura popular continua ensinando gerações de brincantes. Edjane Lima, em seu discurso, deixou uma mensagem importante: “mestre Zé de Vina, o senhor pode ter certeza que o seu nome jamais será esquecido”.

Quem quiser comprar Mamulengos, contratar espetáculos ou visitar o Museu do Mamulengo, deve acessar as redes sociais da instituição e fazer contato.

Facebook: https://www.facebook.com/MuseuDosMamulengos/

Instagram: @museudomamulengo