• Ceclin
jan 28, 2009 0 Comentário


Em busca da primeira vitória

para Pêu Santos só a vitoria interessa contra o Petrolina

Texto:Daniel Leal
Fotos: Luciano Santos.

Um jogo de vida ou morte. É assim que Petrolina e Acadêmica Vitória, lanterna e vice-lanterna do Campeonato Pernambucano, respectivamente, estão encarando a partida de hoje, às 20h30, no estádio Severino Cândido Carneiro, em Vitória de Santo Antão. Chegando à sexta rodada da competição, ambas as equipes ainda não venceram no Estadual. O Petrolina, pior, sequer pontos conquistou.
O time sertanejo vem de uma derrota incrível para o Sete de Setembro, jogando como mandante da partida, em Salgueiro (já que seu estádio ainda segue em reforma). O Tigre estava vencendo por 2×0, mas permitiu a virada do adversário e saiu derrotado por 3×2. Já o Taboquito vem de um empate, em casa, contra o Salgueiro, em 1×1.
Para o confronto desta noite, o técnico do Vitória, Peu Santos, vai armar o time no 3-4-3, uma formação bastante ofensiva, que, segundo ele, se dá por conta dos jogadores que têm à disposição.
Para a partida, o treinador não nega que mais uma derrota complicaria os planos da equipe, que conquistou apenas dois pontos até o momento. “É um jogo de vida ou morte, não tem para onde. Estamos jogando em casa, com uma formação ofensiva, e temos a obrigação de vencer a partida. Não tem jogo fácil no campeonato, mas queremos os três pontos de todo jeito”, falou Peu.
Por outro lado, o Petrolina, único time que ainda não pontuou na competição, também não vê outro resultado, senão a vitória para esse jogo. “Estamos com o pensamento de conseguir a primeira vitória, sem dúvidas. Fizemos um ótimo primeiro tempo contra o Sete, na última rodada, mas o cansaço e a ansiedade atrapalharam nossa equipe. Até quando jogamos ‘em casa’, jogamos fora. Somos o time que mais viajou no campeonato, e isso não é bom. Porém, independente de qualquer coisa, vamos para lá conseguir essa vitória e daí encontrar o caminho para obtermos novos êxitos”, disse o técnico Luciano Ribeiro.

Vitória

Fernando Henrque; Marquinhos, Cleton, Dênis e Sandro Miguel; Marcos Paulo (André), Felipe e Dinda; Roger, Alan e Eduardinho
Técnico: Peu Santos

Petrolina
Ari; Gustavo (Daniel), Rodolfo, Rafael e Joseilson (Edson); Neto Maranhão, Vando (Odilon), Alysson e Jackson; Kelly (Douglas) e Nildo Petrolina
Técnico: Luciano Ribeiro
Local: Estádio Severino Cândido Carneiro (Vitória de Santo Antão)
Horário: 20h30
Árbitro: Neilson Santos
Assistentes: Luciano Cruz e Ricardo Chianca
Preliminar: Vitória x Petrolina, às 18h (Juniores)
(Folha de Pernambuco).