Ceclin
out 26, 2020 0 Comentário


Em assembleia do Sintepe educadores decidiram retorno às atividades presenciais nas escolas

Coluna do Sintepe de 25 de outubro de 2020 – A luta continua!

Em assembleia geral virtual realizada pelo Sintepe na sexta-feira, 23 de outubro, os/as trabalhadores/as em educação da rede estadual de ensino decidiram cumprir decisão judicial para retorno às atividades presenciais nas escolas.

O Governo do Estado, autor da provocação à Justiça, infelizmente, optou pela judicialização no impasse do retorno às aulas presenciais, em vez de continuar buscando uma saída dialogada, que vinha sendo discutida em Mesa de Negociação, pelo Sindicato e pelo próprio Governo, mesmo diante das posições antagônicas em relação ao assunto.

A suspensão da greve, por decisão judicial, não significa a suspensão da luta em defesa da vida, essa continua. O Sintepe já enviou ofício ao Governo de Pernambuco informando a decisão da categoria e reivindicando, com urgência, uma reunião para a retomada do debate em relação a pendências que precisam ser resolvidas e encaminhadas.

As visitas às escolas para verificação das condições estruturais e sanitárias devem ser reiniciadas. Os números e dados sobre a Covid-19 precisam ser repassados ao Sindicato para análise. Além das questões pedagógicas e de relações de trabalho, pontos que precisam também retornar à ordem do dia.

A atualização do nosso piso salarial, assegurada em lei, para ser implementada a partir de 1º de janeiro de cada ano, ainda não se concretizou, provocando uma grande e justificável revolta na categoria. Esse é outro tema que exige resposta imediata da parte do Governo Estadual.

Para que os/as trabalhadores/as em educação permaneçam informados/as e mobilizados/as, uma nova assembleia já está encaminhada. O indicativo de data é o próximo dia 30 de outubro.

O Sintepe não desistiu da luta em defesa da vida, permanecemos atentos e vigilantes. Com o seu apoio, enviando denúncias para o Whatsapp 81 99820.8585, vamos ampliar a nossa capacidade para acompanharmos esse retorno às atividade presenciais, que julgamos inoportuno e arriscado.

Aos/às companheiros/as que assumiram a greve e a luta em defesa da vida, afirmamos que valeu e vale muito. Com certeza foi expressivo o nosso enfrentamento às intenções governamentais de impor a volta para o dia 06 de outubro. Resistimos! A luta continua!

NOTA DO SINTEPE

Trabalhadores e Trabalhadoras em Educação aprovaram em assembleia, na manhã da sexta-feira (23/10), acatar decisão judicial e suspender a Greve em Defesa da Vida. A reunião com mais de 1.300 participantes também aprovou a continuidade das visitas às escolas e locais de trabalho, verificando as condições estruturais e denunciando possíveis descumprimentos de normas sanitárias.

A indicação foi da suspensão da greve por determinação judicial e diante da opção do Governo do Estado em recorrer à Justiça impondo uma série de medidas punitivas e multas estratosféricas ao Sindicato.

O Sintepe não desistiu da luta pela vida e continua advertindo o governo de que este não é o momento do retorno às atividades presenciais. Reiteramos que o Governo de Pernambuco será responsável por casos de contágio e agravamentos decorrentes da reabertura precoce das escolas. Nova assembleia já está marcada com indicativo de data para 30 de outubro.

Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado de Pernambuco – SINTEPE