Ceclin
out 08, 2010 0 Comentário


Eleitores que perderam prazo de cadastro não poderão votar em trânsito no segundo turno


Do JC Online

Só poderão votar em trânsito neste segundo turno, que ocorre em 31 de outubro, os eleitores que fizeram o registro na Justiça Eleitoral entre 15 de julho e 15 de agosto, mesmo período para a solicitação do voto em trânsito para o primeiro turno. Quem realizou o cadastro já apontou em que capital brasileira estará no dia da eleição.

Os que perderam o prazo e estarão longe do domicílio eleitoral deverão justificar o voto em qualquer sessão eleitoral do País.

Quem tiver se habilitado para votar em trânsito dentro do prazo, mas, no dia da eleição, não estiver na cidade para onde solicitou a transferência provisória do seu título também deverá justificar a ausência, mesmo que esteja em seu domicílio eleitoral de origem.
Em todo o País, a Justiça Eleitoral registrou 76.528 pedidos de eleitores interessados em votar no segundo turno fora de seus domicílios eleitorais. Desses, 2.903 foram solicitações de eleitores para votarem na capital pernambucana.

Assim como no primeiro turno, esses eleitores poderão votar em dois locais: no Aeroporto Internacional dos Guararapes ou na antiga sede do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE), localizada na Avenida Rui Barbosa, no bairro das Graças.

O voto em trânsito foi instituido pela Lei 12.034/2009, e os eleitores nessa situação podem votar apenas para presidente e vice-presidente da República.