Ceclin
set 18, 2017 0 Comentário


Eleita nova direção do Sindsep-PE para o triênio 2017-2020

José Carlos de Oliveira, Sindsep-PE

Depois de três dias de votação, as eleições do Sindsep-PE foram concluídas no último dia 14. A Chapa 2, encabeçada pelo atual secretário geral do sindicato, José Carlos de Oliveira, foi eleita com 64,34% dos votos. Ao todo, foram apurados 2.867 votos de 40 urnas que foram espalhadas pelos diversos órgãos federais em municípios do Litoral ao Sertão do Estado, além do Arquipélago de Fernando de Noronha. A chapa 2 obteve 1.806 votos, enquanto a Chapa 01, encabeçada pela atual coordenadora geral do Sindicato, Graça Oliveira, ficou com 1001, o que representou 35,66%. Foram computados ainda 21 votos brancos e 39 votos nulos.

“Tivemos um processo democrático de disputa que, a meu ver, foi positivo porque movimentou todo o sindicato. Agora, o nosso primeiro desafio será a reconstrução da relação entre a entidade e a base para enfrentarmos juntos esse governo que tem o projeto de esmagar a classe trabalhadora”, destacou José Carlos. “Faremos um planejamento estratégico para colocar em prática o programa da chapa que foi nossa promessa de campanha. A categoria poderá cobrar o nosso trabalho, mas nós cobraremos a participação de todos. Só seremos fortes se estivermos juntos”, complementou o coordenador eleito.

A apuração dos votos foi realizada na sede do Sindsep-PE, no Recife, começando às 12h30 e terminando às 15h25, quando o resultado final foi divulgado pelo presidente da Comissão de Apuração, o também presidente da CUT-PE, Carlos Veras. O clima de comemoração e alegria tomou conta do sindicato. Também fizeram parte da Comissão o secretário geral da CUT Nacional, Sérgio Nobre, o secretário-Adjunto de Relações de Trabalho da CUT Nacional e diretor da Condsef/Fenadsef, Pedro Armengol, o conselheiro de Políticas Públicas da CUT-PE, Ismael Bento, e o assessor do Sintepe, Danilson Pinto.

Após o anúncio do resultado, Graça Oliveira agradeceu a votação, falou do cenário difícil pelo qual passa o movimento sindical e o País e desejou boa sorte para a chapa vencedora. “Quero parabenizar aos que ganharam a eleição. Estamos aqui com muita honradez. Quero que José Carlos tenha muito sucesso em sua gestão. Nós trabalhamos juntos e não somos inimigos”, sublinhou.

Os três dias de eleição da nova diretoria do Sindsep-PE foram bastante calmos. Um total de 120 pessoas trabalhou como mesários. “A Comissão Eleitoral teve uma visão de que o processo foi muito tranquilo. Não tivemos problemas com as urnas, com os mesários, nem muito menos com os integrantes das duas chapas concorrentes”, destacou o diretor da CUT-PE e integrante da Comissão, Fabiano Moura.

Segundo Fabiano, desde o início do processo os integrantes das duas chapas deixaram claro que queriam a completa lisura do pleito e que iriam trabalhar para que o processo tivesse a maior participação possível da categoria. “Houve um esforço para que a lisura fosse garantida e chegamos ao final do processo com a certeza que atendemos a esse pedido das  chapas”, observou.

POSSE

Além da direção administrativa, foi eleito o Conselho Fiscal. A nova direção assume no dia 28 de outubro e ficará à frente do Sindsep nos próximos três anos. “Houve um esforço para que a lisura fosse garantida e chegamos ao final do processo com a certeza de dever cumprido”, salientou o diretor da CUT-PE e presidente da Comissão Eleitoral, Fabiano Moura.

 

Sindicato dos Servidores Públicos Federais de Pernambuco – SINDSEP-PE