Ceclin
mar 31, 2008 0 Comentário


Edson Luis: 40 anos presente!

Símbolo da luta estudantil Edson Luis de Lima Souto foi morto aos 18 anos por policias no restaurante calabouço, em 28 de março de 1968 em plena ditadura militar, estudante pobre de família humilde que nasceu em Belém do Pará e foi para o Rio de Janeiro em busca de estudo e também de seus objetivos, guerreiro que lutava pelo direito a democracia, que era ameaçada pelo regime militar, luta válida pelo saudoso Edson Luis que não se amedrontou por tais policiais e foi atingindo a queima roupa.
E abordaram esta frase ”um estudante foi assassinado, ele poderia ser seu filho!” que inspirou as centenas de grandes manifestações que ocorreram até a redemocratização do País com as eleições diretas de 1989.
E hoje 40 anos depois, vivemos em um País democrático, porém não como o grande Edson Luis sonhava – um País sem desigualdade, um País socialista. Contudo, há muita luta pela frente e o movimento estudantil está presente para trilhar e buscar esses caminhos que advenham uma melhor educação e um Estado em que todos possam ser defendidos. Aqui se faz uma homenagem da União dos Estudantes Secundaristas da Vitória a um de nossos exemplos de camaradas mortos brutalmente pela vergonhosa ditadura militar brasileira.

Por Gilberto Claudino Júnior, presidente da União dos Estudantes Secundaristas da Vitória – UESV. Correspondente deste Blog.