Ceclin
fev 17, 2009 0 Comentário


É sempre possível encontrar saídas

A afirmação do título deste artigo, cheia de otimismo, é do presidente Luís Inácio Lula da Silva, em entrevista concedida na edição de fevereiro da Revista Algo Mais. Ao longo da conversa, Lula enfatiza que não fica sentado no canto culpando os outros pelos seus sofrimentos. E que sempre acredita ser possível encontrar saídas diante de problemas que parecem não ter solução.
O otimismo do presidente e sua determinação em enfrentar os desafios, o que tem rendido bons frutos para o Brasil, é respaldado pelos brasileiros. Tanto que sua popularidade vem alcançando níveis históricos. A última pesquisa CNT/Sensus deu ao presidente Lula 84% de popularidade, um crescimento de três pontos percentuais em relação à pesquisa anterior.
Em Pernambuco não é diferente. Todas as vezes que o presidente vem aqui é bem-recebido pela maioria de seus conterrâneos, como aconteceu na semana passada quando esteve em Salgueiro, Escada e Recife. Cidadãos que estão cientes da preocupação do presidente em investir não só apenas aqui, mas em todo o Nordeste e Norte, relegados historicamente pelos governos anteriores.
No próximo mês de março, Lula virá novamente ao Estado. Para os que se incomodam com as tantas vindas dele a Pernambuco, chegando ao “inusitado” de criticá-lo por isso, o presidente tem a resposta na ponta da língua: “A ligação com Caetés (onde nasceu), com o Estado e o Nordeste eu guardo do lado esquerdo do peito. Contudo, ressalto que no exercício da Presidência, não misturo políticas públicas com sentimentos pessoais”.
A ressalva de Lula, feita na entrevista à Algo Mais, foi para ressaltar que se hoje está priorizando o Nordeste e também o Norte em termos de políticas sociais, de investimentos em diversas áreas, de localização de empreendimentos de estatais é porque, “chegou finalmente a hora e a vez do povo e das regiões que estiveram historicamente abandonados e marginalizados”.
E essa é a pura verdade. Quando foi que outro presidente priorizou com tamanhos investimentos o Norte e o Nordeste?
A lista de investimentos em Pernambuco é inquestionável. São R$ 31,4 bilhões destinados ao PAC, R$ 8,91 bilhões para a Refinaria Abreu e Lima e outra soma vultosa no Estaleiro Atlântico Sul.
E como bem relembrou o presidente, tudo isso está sendo feito sem deixar de lado as demais regiões, com investimentos em 93% das quase 5, 6 mil cidades brasileiras.
O que já mostra que governo Lula já está começando a alcançar os seus objetivos, ou seja, reduzir as distâncias sociais e econômicas no nosso País.

por Isaltino Nascimento,
deputado estadual pelo PT e líder do governo na Assembleia Legislativa, escreve para o Blog todas às terças-feiras.