Ceclin
dez 17, 2020 0 Comentário


Dr. Marcos e Daniel, prefeito e vice eleitos em Pombos, são diplomados

por Lissandro Nascimento

Em cerimônia restrita aos eleitos no pleito 2020 devido aos efeitos da pandemia, foram diplomados na manhã desta quinta-feira (17/12), Manoel Marcos Alves Ferreira (PSB), 57 anos, Prefeito reeleito de Pombos, no Agreste pernambucano, bem como os 11 vereadores também eleitos. Com 39,62% dos votos válidos, um total de 6.099 sufrágios, Dr. Marcos foi o vencedor nas 56 urnas apuradas junto com o seu candidato a vice-prefeito Daniel Rogério da Igreja, de 37 anos, consolidando a liderança política do médico que segue para o segundo mandato com significativa margem de diferença de 2.324 votos sob o seu segundo oponente.

A cerimônia ocorreu no auditório da sede local do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) na vizinha cidade da Vitória de Santo Antão, conduzida pela Juíza da 102ª Zona Eleitoral, Maria Bethânia Martins da Hora Rocha, bem como pela Promotora Pública da 102ª Zona, Joana Cavalcanti.

“Grato a Deus por repetir este importante momento, instante de alegria para externar minha gratidão; a minha família, amigos, militantes e em especial a todo povo de Pombos, por permitir que ao lado de vocês, mesmo de forma virtual, pudéssemos ter a honra de sermos diplomados. Grandes são os desafios, mas certamente com a ajuda de Deus e de cada Pombense, construiremos uma cidade ainda melhor rumo a mais conquistas”, discursou Dr. Marcos Ferreira. Já o vice-prefeito eleito externou seu comprometimento em fazer junto com a nova gestão do médico-político o melhor para o Município de Pombos.

Os vereadores diplomados foram: Zé Maria do Gás (PSL), Naninho Baé (PSB), Eliane da Pamonha (PRTB), Nida de Manga Rosa Pé de Serra (PSD), Nandinho de Zezo (PSD), Aglailson da Carne (PSB), Baibado da Fruta (PSB), Marcos de Porteiras (PSB), Alfredo de Biu Batista (PRTB), Beto Lanches (PDT), Adriano da Pedra (PSC).

No caso de Marcos de Porteiras que chegou a exercer a presidência da Câmara Municipal de Pombos (2010-11) e que ainda assumiu o cargo de Prefeito por curto período, retorna a Casa Legislativa para cumprir seu segundo mandato.

O resultado das urnas em Pombos refletiu significativamente na composição atual da Câmara, quando quatro se reelegeram e Daniel da Igreja tornou-se vice-prefeito. Já os vereadores Beto da Ambulância (PSB), Neide de Roque (PSD), Marcelo do Bar (PSB), Dadinho do Radiador (PDT), Kel da Maternidade (PSB) e Alessander Torres (Avante) não conseguiram se reeleger e deixam o Legislativo neste final de dezembro.

Os eleitos tomam posse no próximo dia 1º de janeiro.