• Ceclin
dez 02, 2019 0 Comentário


Domingo com crime de morte na cidade de Escada

Bocão de EscadaNo domingo, 1º de dezembro, um crime de morte foi registrado próximo ao Posto Cotegy, caminho para o Distrito de Freixeiras, na cidade de Escada, na Mata Sul pernambucana. O jovem assassinado a tiros era conhecido por “Bocão” (foto) e morava no Bairro de Nova Escada. Wesley da Silva Santos, de 20 anos,  fazia uma trilha esportiva quando sofreu a investida criminosa.

TENTATIVA

Uma tentativa de homicídio ocorreu no Bairro Riacho do Navio, em Escada. Conhecido por Gilson Nininho, ele foi atingido com várias perfurações à faca e socorrido ao hospital local. O crime se deu na madrugada do domingo (1º),  e a vítima se encontra em unidade hospitalar do Recife.

DELEGACIA

A cidade de Escada fazia um bom intervalo sem registros de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI’s). Para a 63ª Circunscrição de Polícia Civil, através do Delegado Rogaciano Alves Campos, o mês de novembro de 2019 o Município de Escada foi zerado com números de CVLI’s, sendo que o último ocorrido foi no dia 20 de outubro, completando assim até o final do mês (30/11), quarenta dias sem nenhum homicídio na cidade de Escada. O Delegado ainda informou a imprensa que o último mês de abril também foi zerado em ocorrências de homicídios. Segundo o site da SDS/PE, de janeiro a outubro deste ano a cidade de Escada registrou 34 homicídios.

CONFIRA OS ÚLTIMOS CRIMES DE REPERCUSSÃO EM ESCADA:

CORPO - Na quarta (27/11), um cadáver foi encontrado por cortadores de cana próximo ao Engenho Esmeralda, área rural de Escada. O corpo de um homem ainda não identificado estava na beira da estrada junto  a uma  motocicleta de Placa OYX-2265.

Amaro Lopes Filho, 51 anosVIGILANTE - Um vigilante foi morto com um tiro na cabeça dentro de um colégio, em Escada, no dia 24 de setembro, quando bandidos armados invadiram o colégio para roubar a arma do vigilante. Amaro Lopes Filho, de 51 anos (foto), foi atingido na cabeça e morreu no local. A análise da perícia indica que não houve luta corporal.

MORTO A TIROS - No dia 22 de agosto, Cláudio Silvestre da Silva, 48 anos, foi encontrado sem vida próximo do Engenho Universal, zona rural de Escada. O corpo da vítima apresentava ferimentos de disparos de arma de fogo.

MULHER - No dia 09 de agosto, a Polícia Civil abriu investigação quanto ao crime de morte que vitimou uma mulher de 19 anos no bairro de Nova Escada, em Escada. Juliana Franciely da Silva foi executada com disparos de arma de fogo na Rua Antônio Nova Vilar, na mesma cidade.