• Ceclin
out 08, 2013 0 Comentário


Doméstica é brutalmente assassinada com oito facadas na cidade de Gravatá

(Vítima chegou a ser levada para o Hospital do Município - Foto: Clebson Amsterdan / Portal GN).

O fim de um relacionamento pode ter sido a motivação para um crime cruel na manhã desta terça-feira em Gravatá, Agreste do Estado. Uma doméstica de 43 anos foi morta pelo ex-companheiro com oito perfurações provocadas por faca no Bairro Salgadão, na área urbana do Município. Edileusa Maria da Silva não teve chances de reação, e de acordo com informações, ainda chegou a ser espancada.

Edileusa chegou a ser encaminhada para o Hospital Dr. Paulo da Veiga Pessoa, em Gravatá, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. O acusado do crime, um homem identificado inicialmente como Edmilson chegou a ligar para o telefone da vítima momentos após, afirmando voltar ao local se caso ainda estivesse viva. Ele chegou a perguntar sobre seu estado de saúde.

Diligências policiais foram realizadas em busca do executor, mas até o momento ninguém foi preso. A Polícia Civil continua investigando o caso.