Ceclin
jan 16, 2023 0 Comentário


Dia 18, Pombos celebra 148ª edição da Padroeira N. Sra. dos Impossíveis

No feriado desta quarta, dia 18 de janeiro, Padroeira da cidade de Pombos reverenciada. Foto: Divulgação

por Lissandro Nascimento

A Procissão da Bandeira fez a abertura da 148ª Festa de Nossa Senhora dos Impossíveis, Padroeira da cidade de Pombos, no Agreste pernambucano, no último dia 09 de janeiro. A atividade religiosa percorreu as principais ruas de Pombos convocando o Município para a Procissão desta quarta-feira, 18 de janeiro (feriado municipal).

O Padre Rosivaldo Pontes de Andrade divulgou que o tema em 2023 – “Com a Virgem Maria, proclamando que Deus saciou de bens os famintos” -, convida os católicos a refletirem quanto à problemática da fome que será abordada na próxima Campanha da Fraternidade da Igreja. Durante toda a programação religiosa vem ocorrendo todos os dias às 18h. a recitação do Santo Terço, seguido da Novena e concluindo com Santa Missa às 19h. presididas por diversos padres de inúmeras cidades. Na área externa da Paróquia estão sendo comercializadas comidas típicas em barracas padronizadas pela organização da festa.

No feriado dia 18 de janeiro, Pombos vai presenciar às 06h. o Ofício de Nossa Senhora e café santo, para que às 10h. aconteça a Missa Solene. Outra celebração eucarística de encerramento acontece às 16h. presidida por sua Excelência Reverendíssima, Dom Antônio Fernando Saburido, Arcebispo Metropolitano da Arquidiocese de Olinda e Recife. Logo, às 17h30 saída da Procissão com a Imagem de N. Sra. dos Impossíveis e de São João Batista percorrendo as principais artérias da cidade, e em seguida a Benção com o Santíssimo Sacramento.

A Prefeitura de Pombos promove a grade musical da 148ª Festa montando palco no novo pátio de eventos da cidade, quando shows dos artistas vão agitar as noites dos dias 17 e 18 de janeiro. O grupo musical vitoriense Samba das Antigas agita a noite da terça (17) com início às 21h; já para a quarta (18) haverá os shows a partir das 21h. da cantora Eduarda Alves, de Nanara Bello e de Wilian Vieira.