Ceclin
jun 01, 2017 0 Comentário


Detentos do Presídio de Palmares vão produzir pães para desabrigados das enchentes

palmares(1)

JC online

Cerca de 35 detentos, que já trabalham nas cozinhas das unidades prisionais, vão produzir diariamente, a partir desta quinta-feira (01), pães franceses para serem distribuídos aos desabrigados e desalojados de, pelo menos, dez municípios do Agreste e a Mata Sul atingidos pelas enchentes nos últimos dias.

A Ceasa e Defesa Civil vão definir os primeiros municípios que irão receber os pães, por ordem de necessidade e emergência. A produção e distribuição dos alimentos continuará até que a situação nos municípios se normalize. A iniciativa é uma parceria entre a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH), a Coordenadoria de Defesa Civil de Pernambuco (Codecipe) e o Centro de Abastecimento Alimentar (Ceasa) .

O alimento está sendo produzido nas três unidades prisionais do Complexo Prisional do Curado; no Centro Regional do Agreste (CRA), em Canhotinho; no Presídio Romildo da Rocha Leão (PRRL), em Palmares; e no Presídio Juiz Plácido de Souza (PJPS), em Caruaru.

TRABALHO ESPECIAL

Os detentos que estão trabalhando na ação, apesar de já atuarem na cozinha das unidades, consideram este trabalho especial. “A gente faz isso todo dia, mas agora é com mais amor ainda porque a gente está ajudando a quem precisa”, destaca Emerson Francisco da Silva, 20 anos. Há três meses, ele trabalha na padaria do Complexo Prisional do Curado.